25.5 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

Papa Francisco será submetido a cirurgia intestinal de última hora

Por redação.

- Publicidade -

Italy: ITALY - POPE FRANCIS DURING THE WEEKLY GENERAL AUDIENCE- 2022/09/21

O papa Francisco, de 86 anos, vai ser submetido a uma cirurgia na parede abdominal nesta quarta-feira (7). A informação é confirmada pelo Vaticano. A cirurgia será realizada no Hospital Gemelli, em Roma.

A cirurgia é a mais recente de uma série de preocupações com a saúde do líder dos 1,4 bilhão de católicos do mundo, que ocupa o papado há 10 anos.

Ele chegou de carro ao maior hospital de Roma, que fica próximo ao Vaticano, por volta das 11h30, horário local (6h30 em Brasília).

Francisco não fez nenhuma menção à operação planejada em sua audiência semanal no Vaticano na manhã de hoje, onde parecia estar de bom humor.

Segundo o comunicado do Vaticano, a equipe médica decidiu, nos últimos dias, que era necessária “uma laparotomia e cirurgia plástica sob anestesia geral da parede abdominal com implantes”.

O sumo pontífice da Igreja Católica deve ficar internado por alguns dias, em recuperação. O papa Francisco será operado durante a tarde de hoje.

“A operação, marcada nos últimos dias pela equipe médica que assiste o Santo Padre, tornou-se necessária devido a uma hérnia incisional encarcerada que está causando síndromes sub-oclusivas recorrentes, dolorosas e agravadas. O internamento na unidade de saúde durará vários dias para permitir o curso pós-operatório normal e a plena recuperação funcional”.

Na terça-feira, Francisco passou cerca de 40 minutos no mesmo hospital, fazendo procedimentos pré-operatórios.

Histórico médico

Francisco foi tratado por cinco dias no mesmo hospital no final de março com uma infecção pulmonar e, no mês passado, faltou às audiências por um dia devido a uma febre. O hospital tem uma suíte especial no 10º andar reservada para os papas.

Em julho de 2021, ele teve parte do cólon removido em uma operação para tratar uma diverticulite – condição intestinal dolorosa. No início deste ano, ele chegou a dizer que a doença havia retornado.

O papa também usa frequentemente uma cadeira de rodas ou uma bengala para caminhar devido a dores persistentes no joelho. No ano passado, ele não quis operar o joelho porque a anestesia geral para a cirurgia no cólon trouxe efeitos colaterais desagradáveis.

Agenda de viagens

Apesar de seus problemas de saúde, Francisco mantém uma agenda lotada. No sábado (3), o Vaticano anunciou planos para uma visita à Mongólia, de 31 de agosto a 4 de setembro, um dos lugares mais remotos para onde ele já viajou.

Antes disso, ele deve visitar Portugal de 2 a 6 de agosto para participar da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa e visitar o Santuário de Fátima. Na terça-feira, o Vaticano divulgou uma programação oficial da viagem, dando a entender que ela estava confirmada.

Matéria ampliada às 8h58

*Com informações da Reuters e RTP

- Publicidade -
Copiar