23 C
Juruá
domingo, abril 21, 2024

PM se posiciona sobre suposto caso de sargento estuprado no Acre

Por redação.

- Publicidade -

Um suposto caso de estupro envolvendo um sargento da Polícia Militar do Acre e uma travesti, ganhou repercussão nesta terça-feira (20), nas redes sociais.

De acordo com as informações divulgadas em grupos de WhatsApp, o Sgt A Lopes, lotado em Rio Branco, teria sido estuprado por uma travesti conhecida como Tiffany Beyblade. Ainda segundo as informações, após contratar um programa, a travesti teria acariciado o ônus do sargento, que acabou mordendo o penis da garota de programa. Ao se defender, a travesti teria imobilizado o militar e abusado-o sexualmente.

As informações divulgadas, dizem ainda que existe um suposto boletim de ocorrência do caso, em que informa que testemunhas que passavam pelo local, no estacionamento do Itaú, chamaram a Polícia e comunicaram que havia um homem nú, com o ânus sangrando e correndo pelas ruas gritando.

Ao ContilNet, a Polícia Militar do Acre informou que o caso se trata de uma fake news e que não iria se pronunciar sobre a situação. A PM disse ainda que o caso ocorreu na verdade no estado do Espírito Santo.

  • Fonte: Contilnet.
- Publicidade -
Copiar