27 C
Juruá
segunda-feira, maio 27, 2024

Professor de inglês da rede pública do Acre é selecionado para curso de especialização na Irlanda

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

“É a primeira vez que vou fazer uma viagem internacional tão longa e representar o Acre, o que muito me orgulha”. A declaração é do professor de inglês do Centro de Estudo de Línguas (CEL) Marcello Tamwing, de 30 anos, que ganhou uma bolsa para participar de um curso de especialização na Irlanda.

A viagem está marcada para agosto e ele ficará nove meses na cidade de Limerick participando do curso de pós-graduação (lato sensu) em liderança e gestão educacional. Essa é a primeira vez que o professor participa de um intercâmbio e o retorno para o Acre está previsto para junho de 2024.

Marcelo Tamwing é professor de inglês desde 2017 e desde 2019 dá aula para rede pública do estado. Ele e outros 26 brasileiros foram selecionados no Programa de Desenvolvimento de Profissionais da Educação Básica. O intercâmbio faz parte de uma parceria internacional entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Instituição Mary Immaculate College (MIC).

Ao g1, o professor explicou que a seleção para ganhar a bolsa de intercâmbio incluía análises técnica, documental e de mérito e a participação em um curso on-line de proficiência em inglês acadêmico e um teste de nivelamento. O curso tem duração de 11 meses, sendo os três primeiros com ensino à distância.

“Fiquei sabendo da bolsa por meio dos meus colegas do Centro de Línguas, fiquei muito animado, procurei e fiz a inscrição. Essa é a segunda edição do curso, a primeira edição foi apenas para coordenadores, não tinha vagas para o estado. Agora, permitiram professores e abriram vagas para o estado”, recordou.

Professor Marcelo Tamwing dá aula de inglês no CEL desde 2019 — Foto: Arquivo pessoal
Professor Marcelo Tamwing dá aula de inglês no CEL desde 2019 — Foto: Arquivo pessoal

Bolsa

O programa garante as passagens nacionais e internacionais ida e volta para os selecionados, auxílio-instalação, seguro-saúde, hospedagem, alimentação, que inclui almoço e coffee break de segunda a sexta, e deslocamento na Irlanda.

“Esse recurso é somente para o primeiro mês. Depois, vou receber quinhentos euros para os gastos mensais. É a primeira vez que vou na função de professor fazer uma viagem internacional. Para qualquer acreano, representar o Acre, é um feito”, celebrou.

Ele falou ainda sobre as expectativas para a viagem. “Através desse curso, que eu possa discutir práticas de gestão escolar no contexto europeu e brasileiro, vou conseguir comparar essas práticas nos temas mais contemporâneos no contexto escolar. Quero aprender também características e atitudes de liderança no ambiente escolar, quero ajudar, ao retornar, o estado do Acre. Quero aprender variantes linguísticas do inglês no contexto irlandês e melhorar meu nível de proficiência também”, compartilhou.

Tamwing disse que já tinha feito inscrição para concorrer a bolsas em outros programas de ensino internacionais, chegou a ser finalista, mas ainda não tinha conseguido. “Minha participação agora representando o Acre é um marco para estimular outros professores a participarem de projetos parecidos para que as vagas para o nosso estado, por exemplo, não sejam preenchidas por outros estados. É para que nosso corpo decente seja cada vez mais valorizado”, concluiu.

  • Fonte: g1 AC.
- Publicidade -
Copiar