24.6 C
Juruá
terça-feira, abril 23, 2024

Quadrilha de assaltantes é presa após roubo com reféns no interior do Acre

Por redação.

- Publicidade -

Em uma ocorrência que envolveu guarnições de serviço nos municípios de Plácido de Castro, Senador Guiomard e Capixaba, a Polícia Militar prendeu quatro homens que assaltaram e mantiveram uma família em cárcere privado, na madrugada desta quarta-feira, 31, em Plácido de Castro. No desenrolar da ocorrência, outro homem foi preso em flagrante, em Capixaba, por tráfico de drogas.

Os militares de serviço em Plácido de Castro foram acionados no início da manhã para uma ocorrência de roubo, e quando chegaram ao local perceberam que três criminosos estavam dentro da casa, mas a família, que havia sido mantida em cárcere privado por horas, já havia conseguido fugir por uma janela e se abrigado na casa de vizinhos.

Com apoio de policiais militares de folga, a guarnição entrou na residência e prendeu os criminosos, que portavam armas de fogo, no entanto dois homens já haviam saído do local levando um veículo Fiat/Toro com diversos objetos, entre eles televisores, tabletes, celulares, caixa de som, e um forno elétrico.

Pouco tempo depois, uma guarnição de serviço no trevo de Senador Guiomard, já informada que o veículo roubado estaria sendo levado pela Rodovia AC 40 com destino à Bolívia, efetuou o bloqueio e conseguiu interceptar o carro. O condutor informou que havia recebido o veículo na cidade de Plácido de Castro e que o levaria ao município de Capixaba por uma quantia de mil reais.

A guarnição se deslocou até Capixaba para tentar localizar o receptador, no entanto não o encontrou. Na cidade, os militares identificaram um indivíduo transitando em uma motocicleta de forma suspeita, e durante abordagem e busca pessoal encontraram cinco pacotes de maconha e uma quantia de mais de 500 reais.

A guarnição precisou do apoio de militares de Capixaba para conduzir o criminoso à delegacia local. A ocorrência do roubo foi finalizada em Plácido, com os quatro presos encaminhados ao Judiciário para as devidas providências.

- Publicidade -
Copiar