32 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

Rio Branco é a 3ª capital que mais desperdiça água no país

Por redação.

- Publicidade -

Um estudo intitulado “Desafios da Eficiência do Saneamento Básico no Brasil”, feito pelo Instituto Trata Brasil e divulgado nessa segunda-feira, 5, aponta que a capital acreana tem o 3º maior desperdício de água potável do país, com 70.72% de perdas do líquido já tratado e pronto para consumo.

Os dados, colhidos a partir de informações do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, ano base 2021), mostra ainda que o estado do Acre joga fora o equivalente a 79 piscinas olímpicas de água potável, o que seria suficiente para atender 529.614 pessoas.

Os dados do estudo apontam que o volume total de água não faturada em 2021 (cerca de 7,3 bilhões de m³) equivale a quase oito mil piscinas olímpicas de água tratada desperdiçadas diariamente ou mais de sete vezes (7,4) o volume do Sistema Cantareira – o maior conjunto de reservatórios do Estado de São Paulo. Para entender o impacto do controle de perdas, considerando-se somente as perdas físicas (vazamentos), o volume (3,8 bilhões de m³) seria suficiente para abastecer aproximadamente 67 milhões de brasileiros em um ano.

Essa é uma situação nacional, ocorre em vários Estados. “Indicador mais comumente utilizado para a análise geral de perdas no país, o Índice de Perdas na Distribuição tem apresentado, ano após ano, uma piora, inclusive de modo mais incisivo nos anos recentes, evidenciando a necessidade de maiores esforços nesse sentido. Entre 2017 e 2021, houve um aumento de dois pontos percentuais no indicador, situação preocupante”, diz o Instituto Trata Brasil.

  • Fonte: AC24horas.
- Publicidade -
Copiar