27 C
Juruá
segunda-feira, maio 27, 2024

Acre apresenta resultados do Programa REM aos governos da Alemanha e Reino Unido

Por Agência de Notícias do Acre.

- Publicidade -

O governador Gladson Cameli recebeu nesta terça-feira, 4, em Rio Branco, os integrantes da Missão de Monitoramento 2023 do Programa REM Acre – Fase II. Na oportunidade, foram apresentados os resultados e avanços alcançados a partir das ações desenvolvidas no estado por meio de cooperação financeira com os governos da Alemanha e Reino Unido, parceiros da iniciativa, que tem como principal objetivo a proteção das florestas e a melhoria da qualidade de vida da população.

Mais uma vez, o chefe do Poder Executivo defendeu o desenvolvimento socioeconômico por meio de alternativas sustentáveis. Cameli aproveitou para agradecer a vinda dos representantes internacionais e reiterou o compromisso com a preservação ambiental do território acreano.

Governo do Estado apresentou os resultados das ações desenvolvidas pelo Programa REM Acre aos representantes dos governos da Alemanha e Reino Unido. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Os indicadores comprovam que estamos combatendo e diminuindo o desmatamento das nossas florestas. O governo entende a importância que o nosso estado representa para a continuidade das futuras gerações e a presença dessa missão internacional no Acre nos motiva ainda mais a superar os desafios que temos pela frente”, argumentou.

O secretário de Planejamento, Ricardo Brandão, destacou que o Programa REM é um importante aliado da gestão estadual no que diz respeito à mudança dos indicadores sociais: “Graças a essa parceria, o governo tem elaborado políticas públicas comprometidas com a sustentabilidade ambiental e a melhoria da qualidade de vida das famílias, por meio da geração de emprego e renda”.

A titular da Secretaria de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), Julie Messias, falou sobre os esforços do governo do Estado no combate às derrubadas ilegais da floresta.

“Ficamos mais de 20 dias sem alertas de desmatamento e em maio conseguimos reduzir o desmatamento em 70%. O Acre tem respeitado o Código Florestal, mais de 90% das propriedades rurais estão inscritas no CAR [Cadastro Ambiental Rural] e temos feito todo um trabalho para que os nossos produtores rurais atuem dentro da legalidade”, disse.

Integrantes da Missão de Monitoramento 2023 estiveram reunidos com o governador Gladson Cameli nesta terça-feira, 4. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Já o secretário de Turismo e Empreendedorismo, Marcelo Messias, enfatizou a relevância do Programa REM para o turismo de base comunitária. “Com os recursos que foram empregados, excelentes resultados estão sendo alcançados. No Juruá, os moradores da Serra do Divisor e do Rio Croa estão sendo diretamente beneficiados com a melhoria de suas rendas por preservarem a floresta em pé”, observou.

O gerente de portfolio do banco de desenvolvimento alemão KfW, Klaus Koehnlein, fez um relato positivo das ações executadas pelo governo estadual com recursos do programa internacional.

“Temos percebido um progresso muito bom nos últimos quatro anos. O Estado do Acre tem conseguido levar os recursos até as populações tradicionais, indígenas e pequenos agricultores. Estamos vendo a mudança na vida dessas pessoas e nas economia locais, que ajudam a preservar a floresta”, pontuou.

Louise Hill, gerente de portfólio de Financiamento Climático (REM e LEAF) do Ministério para Relações Exteriores, Commonwealth e Desenvolvimento do Reino Unido, confirmou o interesse do governo britânico de firmar novos projetos na região.

“Gostaríamos de permanecer parceiros do Estado do Acre para além do Programa REM, que tem se mostrado muito eficaz e transformador. Existem outras possibilidades que podem ser trabalhadas, como o financiamento internacional climático e o Reino Unido coloca-se como um parceiro”, afirmou.

- Publicidade -
Copiar