31.4 C
Juruá
domingo, junho 23, 2024

Em Operação Integrada, policiamento recebe reforço da Força Nacional em Rio Branco

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

A força-tarefa montada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), conta com planejamento estratégico para combater a atuação de organizações criminosas e fortalecer a segurança da população acreana.

Homens da Força nacional vão reforçar policiamento em Rio Branco. Foto: Dhárcules Pinheiro/Ascom Sejusp

A medida faz parte de um plano de ação da Operação Integrada entre as forças policiais, que envolvem o policiamento ordinário e patrulhamento em vários pontos do Estado, sendo distribuídos em locais em que permitem uma mobilidade e um acompanhamento maior das pessoas que circulam nas ruas.

Patrulhamento em vários pontos da cidade. Foto: Dhárcules Pinheiro/Ascom Sejusp

Além da atuação das polícias militar, penal, civil, do Grupo Especial em Fronteira (Gefron) e o do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), um efetivo de homens da Força Nacional também chega ao Acre para reforçar ainda mais o policiamento local.

Reforço da Força Nacional deve chegar amanhã. Foto: Dhárcules Pinheiro/Ascom Sejusp

O secretário de Segurança Pública, coronel José Américo Gaia, explica que as ruas vão estar bem policiadas assim como a feira agropecuária. “Por conta da Expoacre, haverá um reforço de efetivo da Polícia Militar oriundos do interior, que irão dar apoio as policiais da capital”.

O diretor operacional da Sejusp, coronel Cleudo dos Santos Maciel, destaca que as pessoas vão poder circular com segurança. “Nós estaremos em pontos importantes da cidade para que a população possa se sentir mais segura e ter seu direito de ir e vir garantido”, disse.

Toda a força-tarefa está sendo supervisionada, pelas Diretorias Operacionais da Sejusp e Polícia Militar, Coordenação Situacional e a Diretoria Operacional da Capital.

Na Expoacre 2023, as ações de segurança contam com vídeo monitoramento, que permitem o reconhecimento facial e a identificação de pessoas, além de uma delegacia da polícia civil dentro do parque para proporcionar celeridade em eventuais ocorrências.

- Publicidade -
Copiar