30.1 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Servidores do ISE se posicionam contra PEC que visa desvincular o Instituto Socioeducativo da área da segurança pública

Por Redação O Juruá em Tempo

- Publicidade -

A Proposta de Emenda Constitucional, enviada pelo governador Gladson Cameli, no dia 04 de julho, à Assembleia Legislativa, que visa desvincular a estrutura do Instituto Socioeducativo (ISE) da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) e realocá-lo para a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASD), gerou a revolta dos servidores, que se manifestaram nas redes sociais.

Os servidores do ISE pedem que o governador reconsidere a PEC em questão e que os deputados estaduais colaborem para que a proposta não seja aprovada, alegando retrocesso. Segundo eles, a aplicação da emenda significaria a negação da disposição do Instituto Socioeducativo em respeitar a integridade dos jovens na reintegração social e negligenciaria a formação e os riscos que os profissionais enfrentam.

Além das manifestações nas redes sociais, nesta quarta-feira (05), alguns servidores realizaram protesto na Assembleia Legislativa do Acre, em Rio Branco, contra o remanejamento do ISE para a pasta da assistência social.

Destaca-se que antes que o ISE fosse incluído na Segurança Pública do estado, os trabalhadores não tinham direito à gratificação de risco de vida, concedida a todos os colaboradores expostos permanentemente a trabalhos perigosos.

- Publicidade -
Copiar