23 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Estudante da UFAC acusa policial penal de sair de carro com arma após discussão no trânsito

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Mais um policial penal está envolvido em uma confusão. Desta vez, o problema ocorreu durante uma discussão no trânsito de Rio Branco na manhã desta quarta-feira, 9, e as acusações são feitas pelo estudante do curso de Contabilidade da UFAC, Bruno Azevedo, 24 anos.

Conforme Bruno, a discussão teria iniciado porque o Policial Penal, que não foi identificado até o momento, não deu seta e por isso quase ia atropelando o estudante que estava indo para aula em uma bicicleta.

Imagens registradas pelo próprio estudante, mostram a discussão e o policial fazendo referências à facção criminosa ao discutir com o condutor da bicicleta e também o chama de filho de uma égua, vagabundo e marginal, revoltando o estudante.

O fato mais grave é que Bruno acusa o policial de ter saído do carro com a arma na mão. “Ele me xingou, saiu com a arma na mão e me chamou de faccionado”, relata o estudante.

Bruno disse ainda que compareceu à Delegacia do bairro Tucumã, onde o fato ocorreu, mas recebeu a informação de que não seria possível o registro do Boletim de Ocorrência porque o local estaria sem sistema. “ Me informaram que estava sem sistema, mas vou lá agora à tarde de novo e registrar um BO. Não sei quem é o policial, mas mostrei uma foto e espero que sejam adotadas as providências”, relata.

Apesar de não ter sido identificado até o momento, o espaço segue à disposição do policial penal caso queira se manifestar.

Veja o vídeo:

  • Fonte: AC24horas.
- Publicidade -
Copiar