23.9 C
Juruá
domingo, março 3, 2024

Estudante de medicina brasileiro morre em combate na Guerra da Ucrânia

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Estudante de medicina brasileiro morre em combate na Guerra da Ucrânia

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – O estudante de medicina Antônio Hashitani, 25, morreu em combate na Guerra na Ucrânia. Ele atuava como voluntário em um grupo paramilitar, na cidade de Bakhmut, palco de uma das mais sangrentas batalhas do conflito. O homem teria morrido no último dia 2 ou 3 de agosto, disseram familiares dele à TV Globo.

O Ministério das Relações Exteriores, por meio da embaixada em Kiev, informou ao UOL que foi comunicado do fato pelas autoridades ucranianas. A pasta esclareceu que está em contato com familiares de Hashitani para prestar “a assistência cabível”.

Antônio Hashitani estudava na PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) e decidiu deixar o curso em 2022 para lutar na guerra.

Amigos e familiares do brasileiro lamentaram a morte pelas redes sociais e esclareceram que o rapaz foi voluntariamente para a Ucrânia. “Antônio não se contentava nunca, queria mais e mais. Faltando pouco tempo para terminar sua faculdade de medicina, largou tudo e foi para a África fazer voluntariado. Mas, com a sua teimosia, decidiu que precisava ir além. Então, foi para a Ucrânia se voluntariar na guerra”, escreveu Laissa Loraine, amiga do estudante.

A PUC-PR lamentou a morte do estudante e expressou condolências e solidariedade aos familiares e amigos de Hashitani.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!