28.2 C
Juruá
terça-feira, maio 28, 2024

Líder de facção criminosa é condenado a mais nove anos de prisão pela Justiça do Acre

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O presidiário Iranildo Souza de Moura, conhecido como “Marfim”, voltou a ser condenado pela Justiça do Acre e terá que cumprir uma pena de nove anos de prisão pelo crime de integrar uma organização criminosa.

No dia 8 de novembro do ano passado, durante uma ação de investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões da Polícia Civil, a DCORE, Iranildo Souza de Moura foi sentenciado a quase 9 anos de prisão pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

A sentença, desta vez, é do Juiz da Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco, Robson Aleixo. Também foram sentenciados: Amanda Oliveira Damasceno, a “Cleópatra”, a 5 anos de prisão, Jeremias Cabral da Silva, a 8 anos, e Thiago Vieira de Amorim, o “Badeco”, a 6 anos.

“Marfim” já acumula a segunda condenação em menos de 4 meses no Estado.

- Publicidade -
Copiar