27 C
Juruá
segunda-feira, maio 27, 2024

Ministro determina que apagão seja investigado e cria sala de situação

Por Metrópoles.

- Publicidade -

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, determinou, nesta terça-feira (15/8), a criação de uma sala de situação, além da investigação das causas do apagão que atingiu pelo menos 21 estados do Brasil e o Distrito Federal.

“O ministro Alexandre Silveira já determinou a criação de uma sala de situação e acompanha o processo de retomada, bem como determinou a apuração das causas do incidente”, diz trecho de nota.

Com notificações desde as 8h20, o apagão atinge os estados de Alagoas, Amazonas, Piauí, Bahia, Acre, Amapá, Maranhão, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Paraíba e Tocantins, além do DF.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), houve uma interrupção de 16mil megawatts na rede de operação Sistema Interligado Nacional (SIN), no Norte e Nordeste do Brasil. O problema afetou também a região Sudeste, devido à interligação das regiões.

As causas ainda estão sendo apuradas, mas a recomposição já foi iniciada. Em comunicado oficial, o MME afirmou que “está trabalhando para que a carga seja plenamente restaurada o mais breve possível”.

Entre as principais reclamações, estão a perda do acesso a internet, elevadores que pararam de funcionar com pessoas dentro e o trânsito causado por conta de semáforos desligados, além de problemas no transporte público, como os registros de metrôs vazios em São Pelo e Belo Horizonte, por conta da queda de energia.

 

- Publicidade -
Copiar