25 C
Juruá
domingo, junho 23, 2024

Ministro do STF pede que TRE investigue frase dita por Bolsonaro no Acre

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Em uma das primeiras ações como recém-empossado, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Cristiano Zanin, solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) que investigue as falas ditas pelo ex-presidente Jair Bolsonaro durante um comício de campanha em Rio Branco, capital do Acre.

Durante a agenda de campanha presidencial em Rio Branco, em 2018, Bolsonaro utilizou um tripé de câmera e simulou uma metralhadora, gritando “vamos fuzilar os petistas aqui do Acre”, que naquela época, era governado por Tião Viana, do PT.

Agora, Zanin atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que solicitou no STF, que o caso fosse enviado para instâncias inferiores. O indicado do presidente Lula para substituir a cadeira sucedida por Ricardo Lewandowski também assume a relatoria do processo.

Como Bolsonaro perdeu o foro privilegiado após ser derrotado nas eleições do ano passado, o pedido foi aceito pelo ministro.

“Com o advento do término do mandato de Presidente da República, no qual se encontrava investido o representado Jair Messias Bolsonaro, e não sendo ele reeleito para pleito subsequente, houve a superveniente causa de cessação da competência jurisdicional do Supremo Tribunal Federal”, afirmou Zanin na decisão.

  • Por Matheus Mello, do Contilnet.
- Publicidade -
Copiar