29.7 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

No Acre, adolescente é assassinado por facção após tentar matar o pai com enxada

Por Ithamar Souza, ContilNet.

- Publicidade -

O adolescente Weverton Wesley de Souza Carneiro, de 14 anos, foi perseguido e executado a tiros na madrugada desta quinta-feira (24), na Rua Baixa Verde, na Cidade Nova, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, Wesley chegou bêbado e transtornado na própria residência, quando começou a brigar com os próprios pais. O adolescente, de posse de uma enxada, acabou desferindo um golpe e ferindo o pai dele, na mão esquerda, e depois saiu ameaçando populares com a enxada em via pública.

Já na rua Salgueiro, o adolescente começou a ser perseguido por vários membros de uma facção criminosa e ferido a tiros. Para não morrer, o jovem acabou correndo até a rua Baixa Verde, derrubou um portão e invadiu uma residência e tentou se esconder nos fundos da casa. Os faccionados continuaram perseguindo o rapaz e ele acabou sendo morto com vários tiros na cabeça. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar, os socorristas só puderam atestar morte a Weverton Wesley.

A área foi isolada pelos militares, e a perícia foi realizada, constatando que a vítima estava morta com quatro tiros, sendo um na perna e três na cabeça. O corpo foi resgatado e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para ser realizado os exames cadavéricos.

Ainda segundo a polícia, o adolescente não fazia parte de nenhuma organização criminosa. Agentes da Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) coletaram as primeiras informações, e o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

- Publicidade -
Copiar