32.7 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Prefeito Jailson mente e vereador Tiago vem a público esclarecer desentendimento

Por Redação

- Publicidade -

O presidente da Câmara Municipal de Rodrigues Alves, vereador Tiago Matos, trouxe à luz os detalhes e verdades por trás da recente discursão com o prefeito Jailson Amorim. Segundo o vereador, a discussão acalorada teve sua origem em um incidente durante o evento de sorteio de bois em comemoração ao Dia dos Pais no município de Rodrigues Alves.

O vereador explicou que durante o evento, a primeira-dama do município e o prefeito, Jailson Amorim, proferiram palavras desrespeitosas dirigidas à sua mãe, uma idosa de 75 anos que também já ocupou o cargo de vereadora na cidade. Perante essa situação, Tiago Matos sentiu-se compelido a agir em defesa de sua mãe, devido ao profundo respeito que nutre por ela e sua trajetória política.

Além disso, Matos revelou que a relação entre ele e o prefeito já se encontrava tensa anteriormente. Ele vinha pressionando o executivo a dar atenção às demandas e reivindicações da população, as quais, segundo o vereador, estavam sendo negligenciadas. Essa pressão, por sua vez, gerou um clima de conflito, uma vez que o prefeito Jailson Amorim cobrava passividade por parte de aliados.

O presidente da câmara informou ainda que vem sendo tratado com indiferença por parte do prefeito Jailson e sua esposa já há algum tempo, depois que ele não aceitou colocar a irmã da primeira-dama, que mora fora do estado, na folha de pagamento da câmara. “A primeira-dama está chateada comigo porque não aceitei que a irmã dela que mora em Natal recebesse pela câmara, não permiti que essa ilegalidade ocorresse, por conta disso ela ficou chateada e começaram as perseguições”, disse o presidente da câmara.

Na sua declaração, o vereador reforçou seu compromisso com a população que o elegeu, destacando que sua responsabilidade primordial é a defesa dos interesses dos cidadãos da sua cidade. “Jamais vou esquecer que fui eleito pelo povo e é a eles que devo prestar contas. Minha missão é garantir que suas vozes sejam ouvidas e suas necessidades atendidas de forma justa e eficaz. Não irei deixar de cobrar as demandas, assim como não irei concordar com nada de errado, fui eleito para defender os interesses da população”, afirmou Matos.

O vereador repudiou as mentiras proferidas pelo prefeito ao dizer que sua esposa havia sido agredida pela mãe do vereador de 75 anos de idade. “O Jailson não precisa mentir desta maneira, minha mãe tem 75 anos e toda a população do município a conhece, sabe da sua índole e do seu caráter. Ela apenas foi conversar e saber o porque de estarem me tratando daquela maneira. Infelizmente além de covarde são mentirosos, mas confio em Deus e sei que a justiça será feita”, finalizou o vereador.

O esclarecimento do vereador Tiago Matos lança luz sobre os eventos que culminaram na disputa pública com o prefeito Jailson Amorim, ao mesmo tempo em que enfatiza a importância da representação verdadeira e comprometida no cenário político local.

- Publicidade -
Copiar