32.7 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Arqueóloga inicia catalogação do acervo histórico de Rio Branco armazenado no Parque Capitão Ciríaco

Por Isabelle Freitas, dA Gazeta do Acre.

- Publicidade -

A arqueóloga acreana Raquel Frota Rodrigues iniciou na quarta-feira, 27, a catalogação do acervo histórico que está armazenado no Parque Capitão Ciríaco, um dos mais importantes espaços históricos e de lazer da capital acreana.

A ação está sendo uma iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo e também da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil, que coordena o parque. Wellington Fraga, chefe do Departamento de Patrimônio Histórico e Cultural, ressalta que esta ação “é um momento ímpar para o patrimônio histórico material do município de Rio Branco, pois há mais de 15 anos esse acervo está aguardando a catalogação, e agora será concretizado”.

A catalogação será realizada em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan), que após uma vistoria realizada em dezembro de 2022, observou que o parque apresenta condições de acomodar os acervos, que estavam, até então, armazenados.

O material arqueológico será estudado cientificamente pela pesquisadora e arqueóloga Raquel Frota Rodrigues, doutorando em Antropologia e Arqueologia pela Universidad Católica del Norte y Universidad Tarapacá, no norte do Chile.

A catalogação deve integrar informações para garantir a conservação e a socialização desses bens, documentando-os através do Cadastro Nacional das Instituições de Guarda e Pesquisa do Iphan.

O início da catalogação foi marcado por uma cerimônia que aconteceu às 9h da manhã desta quarta-feira, no Parque Capitão Ciríaco, o antigo seringal de cultivo com 360 seringueiras, que foi tornado área pública em 1994, quando passou a ser um Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Paisagístico e Ambiental dentro da cidade de Rio Branco.

- Publicidade -
Copiar