30.3 C
Juruá
sexta-feira, maio 24, 2024

Bandidos invadem casa, atiram contra irmãos e mãe evita execução deitando sobre o filho

Por redação.

- Publicidade -

Uma família que no bairro Belo Jardim I, região do Segundo Distrito de Rio Branco, viveu momentos de terror, no fim da tarde desta quarta-feira, 27. Fortemente armados, criminosos invadiram a residência da família com a intenção de executar a tiros o detento monitorado por tornozeleira eletrônica, Júnior de Souza D’Ávila, de 40 anos.

No ataque, Júnior ainda foi atingido com um tiro no peito. Segundo informações, o monitorado caminhava na rua onde mora quando percebeu dois homens se aproximando dele. Temendo ser uma emboscada, o homem correu para casa, mas os criminosos invadiram a residência atirando.

Júnior se abrigou em um cômodo da casa e os criminosos forçavam a porta para entrar, quando Fábio Ferreira D’Ávila, de 43 anos, irmão do detento que reside em um casa aos fundos foi atraído pelos gritos de socorro do irmão e da mãe deles.

Ao entrar na residência da mãe, Fábio foi atingido com um tiro no pescoço. Segundo informações, da dona de casa Maria do Socorro, mãe das duas vítimas, após ferir o segundo filho, os criminosos conseguiram arrombar a porta do quarto para executar Júnior, foi quando ela viu o filho no chão e jogou-se sobre o corpo dele impedindo que os algozes o executassem.

Com os filhos gravemente feridos, a mulher viu quando os algozes desistiram e saíram em fuga.

Duas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e socorreram as duas vitimas que foram conduzidas ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Policiais civis e militares estiveram no endereço da ocorrência e a suspeita é que o crime contra o detento monitorado esteja relacionado a facção criminosa, já a outra vítima foi consequência dos atos dos criminosos objetivando eliminar o irmão rival.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa- DHPP ficará responsável pelas investigações.

  • Fonte: A Gazeta do Acre.
- Publicidade -
Copiar