28.2 C
Juruá
terça-feira, maio 28, 2024

Bebê que morreu por overdose ingeriu fentanil em tapete de creche

Por Metrópoles.

- Publicidade -

Imagem de criança que morreu por overdose de fentanil e família - Metrópoles

Nicholas Dominici, uma criança de apenas 1 ano, morreu por overdose de fentanil na última sexta-feira (15/9), em Nova York. Segundo a polícia da cidade, é provável que o garoto tenha tido contato com a droga através de um tapete de cochilo utilizado por ele em uma creche que ficava durante o dia.

Outros três bebês, com idade entre 8 meses e 2 anos, foram internadas no hospital após serem expostas ao narcótico.

A creche onde Nicholas morreu de overdose fica localizada no bairro do Bronks e operava em um apartamento. O local recebia crianças de 8 meses a 12 anos.

Grei Mendez, dona do local, e Carlisto Acevedo Brito, primo de seu marido, a quem ela alugava um quarto por US$ 200 por semana, foram presos sob acusações de assassinato, homicídio culposo e agressão.

Após overdose, fentanil foi encontrado

Durante as inspeções da polícia, após a overdose do bebê, 1kg de fentanil foi encontrado armazenado em um armário no corredor do lado de fora do quarto de Brito, perto dos tapetes de cochilo usados por crianças que frequentavam o local. No quarto alugado por Carlisto, uma prensa para drogas também foi confiscada.

Grei Mendez e Carlisto Acevedo podem ser condenados à prisão perpétua.

- Publicidade -
Copiar