31.9 C
Juruá
segunda-feira, maio 20, 2024

Comando Vermelho e PCC levam golpe de ‘Engomadinho do Bitcoin’

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

As duas maiores facções criminosas do País teriam sido enganadas por Gustavo de Macedo Diniz, de 27 anos, conhecido como “Engomadinho do Bitcoin”, segundo reportagem exclusiva da coluna ‘Na Mira’, do Portal Metrópoles. Gustavo é o principal executivo da plataforma financeira Bybot, que controlava milhares de criptoativos de centenas de investidores do Brasil, Estados Unidos e Europa. No entanto, os gestores da plataforma financeira desapareceram com todo o dinheiro dos clientes.

Por causa do supost golpe, a carioca Comando Vermelho (CV) ofereceu R$ 15 mil de recompensa pelo trader golpista. Já a facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) ameaçou o CEO da empresa, que está jurado de morte.

Segundo a reportagem, Gustavo deletou todas as redes sociais, apagou os canais de comunicação e fechou a plataforma para saques. Desde o dia 25 de agosto, nenhum dos investidores está conseguindo sacar a quantia que tinha depositada nas carteiras. Antes disso, ele era bastante ativo em seus perfis e costumava gravar lives. A suspeita é que ele tenha fugido em direção à Ásia.

Após ele sumir, o Comando Vermelho passou a pedir sua cabeça. Desde então, começaram a circular em grupos de WhatsApp imagens de dois operadores da Bybot que tratavam sobre os investimentos diretamente com a carteira de clientes antes da plataforma ser desativada.

Com as imagens, o suposto recado dado pelo Comando Vermelho, que teria investido na compra de moedas virtuais com a intenção de lavar dinheiro do tráfico de drogas, é que serão pagos R$ 15 mil por qualquer informação que leve ao paradeiro dos membros da equipe. Em uma das mensagens, a facção afirma que não é para matar o funcionário da empresa: “Não matem”.

  • Fonte: AM Post.
- Publicidade -
Copiar