22.6 C
Juruá
terça-feira, maio 21, 2024

Criminoso tenta roubar moto, mas é atropelado, espancado por populares e preso

Por A Gazeta do Acre.

- Publicidade -

No dia da “caça” o assaltante é quem se dá mal. Na noite desta quinta-feira, 28, a negociação de uma suposta compra e venda de uma moto terminou de maneira inimaginável.

O trabalhador Crisóstomo Fernandes de Macedo, de 50 anos, anunciou a venda de sua motocicleta. Um suposto comprador, identificado pelo nome de Rafael Sales de Menezes, de 21 anos, mostrou-se interessado e marcou encontro com o vendedor, próximo ao Terminal Urbano, no Centro de Rio Branco.

Em um posto de combustível, os dois homens se encontraram e Rafael, o suposto comprador, olhou a moto, pediu para testá-la. O vendedor permitiu, deste que ele fosse junto.

Em frente a Galeria Cunha, os dois pararam a moto e Rafael anunciou o assalto, já golpeado a vítima com uma faca.

Os dois entraram em luta corporal e quando Rafael tentou fugir, um popular que passava e percebeu que se tratava de um assalto, usou o próprio carro e atropelou o assaltante.

Mesmo ferido no atropelamento, Rafael correu em direção a OCA, quando populares saíram em perseguição a ele e o espancaram.

Mais uma fez Rafael conseguiu se livrar das agressões e correu para a margem do Rio Acre e se jogou temendo a fúria da população.

Do outro lado da rua, uma viatura da Polícia Militar passava quando avistou o homem. Rafael falou aos policiais que havia sido assaltado.

Quando estava recebendo toda atenção por parte dos militares, por se tratar de uma suposta vítima, a guarnição teve acesso a verdadeira versão da história.

Diante da verdade, Rafael recebeu voz de prisão, mas como estava muito ferido com fratura em uma perna, suspeita de fratura em um braço e cheio de escoriações, ele foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco, e, quando receber alta médica, será conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

A verdadeira vítima que havia sido perfurado a golpe de faca nas costas também foi socorrido por populares e encaminhado ao Pronto Socorro, recebeu atendimento e foi liberado.

- Publicidade -
Copiar