30.5 C
Juruá
sábado, junho 15, 2024

Jornalista acreana concorre ao prêmio +Admirados Jornalistas Negros e Negras da Imprensa Brasileira

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

A jornalista acreana Hellen Lirtêz está concorrendo ao prêmio ‘+ Admirados Jornalistas Negros e Negras da Imprensa’. Formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Acre (Ufac), Hellen representa o Acre na mesma lista de atuação de jornalistas renomados como Maju Coutinho, Luciana Barreto, Joyce Ribeiro e Fabiana de Moraes.

A jornalista é a única representante da região Norte, que concorre ao prêmio na categoria ‘Jornalista’. Ao todo, são 134 jornalistas de todo o país concorrendo em diferentes categorias. Os jornalistas foram selecionados devido ao modo de atuação antirracista por meio do jornalismo.

“Representar a região Norte é sempre um desafio, estamos sempre apagados nos noticiários e como comunicadores precisamos nos mobilizar contra isso. Nos últimos tempos, tenho me dedicado a ter uma abordagem decolonial no jornalismo. Acredito que essa forma de atuação é extremamente importante para as mudanças que estamos buscando nessa profissão. Neste ano, em especial me dediquei a investigar injustiças e desigualdades causadas pelo racismo ambiental no Acre”, diz a jovem, que atualmente se dedica ao jornalismo socioambiental e investigativo.

O Prêmio ‘+Admirados Jornalistas Negros e Negras da Imprensa Brasileira’ é uma iniciativa de algumas plataformas de jornalismo independente para homenagear e reconhecer o trabalho de jornalistas negros e negras da imprensa brasileira.

Para votar, basta entrar no site do prêmio, cadastrar seu nome, e-mail e profissão e depois escolher a Hellen Lirtêz na categoria ‘Jornalista’. Cada pessoa pode votar em até cinco jornalistas.  A votação segue aberta até o dia cinco de outubro.

  • Fonte: A Gazeta do Acre.
- Publicidade -
Copiar