32.7 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Menor que arrancou os olhos e as orelhas do próprio cunhado é preso no AC

Por Ithamar Souza, do ContilNet.

- Publicidade -
Imagem ilustrativa. (Internet)

Um adolescente de 16 anos foi apreendido por força de um mandado de internação ordenado por um juiz da infância e da adolescência de Rio Branco, depois de um crime de homicídio. A prisão aconteceu na noite desta quinta-feira (7), na frente da Delegacia de Flagrantes (Defla) na rua Omar Sabino de Paula, no bairro Estação Experimental, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o adolescente teve o mandado de internação expedido no dia 1 de maio, por ter matado o próprio cunhado identificado como Valdenir, vulgo Deni, que possivelmente pertencia uma organização criminosa. O adolescente matou o cunhado Deni e o corpo foi encontrado em estado de decomposição, amarrado, enrolado em lençol, com os olhos arrancados e com marcas de tortura, em uma área de mata de uma fazenda na região do Panorama, em Rio Branco.

Ainda segundo a polícia, o proprietário de uma fazenda onde o cadáver foi encontrado visualizou vários urubus voando na região e quando chegou ao local encontrou o homem com os pés amarrados, enrolado com lençóis com a cabeça dilacerada, orelhas e os olhos arrancada e perfurações de faca pelo corpo.

Policiais militares receberam a denúncia e foram até o local denunciado e encontraram um homem em estado de decomposição em uma área de mata na fazenda. Os militares rapidamente pediram a presença da perícia criminal e dos agentes do Instituto Médico Legal (IML).

A área foi isolada pelos militares e foi realizada a perícia de local, onde constatou-se que a vítima foi desovada no local. O corpo foi resgatado e encaminhado para o IML, para serem feitos os exames cadavéricos, para que a autópsia possa determinar as causas da morte, sendo que existe a suspeita de que a morte tenha sido por espancamento devido ter um afundamento de crânio e estar cortado.

As investigações foram feitas por agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Foi descoberto ainda que o menor também participou de um ataque na Cidade do Povo que terminou com sete feridos e um morto. O rapaz também tem envolvimento com o tráfico de drogas, segundo policiais militares. O rapaz ainda tem três tatuagens de palhaço, que no mundo do crime significa que a pessoa é “matadora de policiais”.

Sobre a morte do cunhado, o adolescente alegou que Deni batia muito na irmã dele e ele resolveu se vingar do homem.

Diante dos fatos, foi dada voz de apreensão ao menos de 16 anos e ele ficou à disposição da justiça, para que o mesmo seja encaminhado para a pousada do menor de Rio Branco.

- Publicidade -
Copiar