23 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Mulheres publicam foto de acusado de assédio nas dependências da UFAC

Por Saimo Martins, do AC24horas.

- Publicidade -

Em resposta às acusações de abuso contra o estudante Alício Lopes de Souza, matriculado no curso de bacharelado em História na instituição, o movimento feminista da Universidade Federal do Acre (UFAC) divulgou cartazes com a imagem do aluno afixadas nas dependências da instituição nesta segunda-feira, 25.

A medida drástica destaca a mobilização do grupo para conscientizar a comunidade acadêmica sobre a importância da segurança das mulheres.

O acadêmico enfrenta acusações graves de abuso por parte de suas colegas de curso e por conta disso, acabou suspenso das aulas enquanto uma investigação disciplinar está em andamento. O movimento feminista enfatiza que as mulheres devem se proteger, uma vez que o processo ainda não foi concluído.

Nas redes sociais, o movimento destacou que enquanto uma decisão não é tomada, as mulheres precisam se proteger. “E essa é uma das alternativas que nos restaram. A ficha policial dele é corrida. Atualmente, ele está cumprindo pena em liberdade justamente por importunação sexual”, diz a nota.

O movimento ainda deixou claro que deverá formalizar a denúncia na Delegacia da Mulher, buscando medidas protetivas coletivas. A proximidade de Souza com a Ufac e seu histórico levam professoras e alunas a temer possíveis represálias, além disso, as feministas consideram o aluno perigoso. “A negligência da Ufac é imperdoável. Como a universidade não tem assegurado proteção a elas, a Adufac decidiu assumir isso tanto para proteger suas professoras como as alunas que foram corajosas em denunciar o caso, pois este senhor vem praticando esses assédios há pelo menos quatro anos”, finalizou.

- Publicidade -
Copiar