30.3 C
Juruá
sexta-feira, maio 24, 2024

Rompimento Político: Governador exonera indicados da deputada Michelle Melo

Por Redação

- Publicidade -

O rompimento político entre a deputada estadual Michelle Melo, do PDT, e o governador Gladson Cameli, do PP, teve repercussões que agora são oficialmente registradas no Diário Oficial do Estado.

Na edição desta segunda-feira, dia 11, o governador demonstrou que a discordância política se estendeu às nomeações de cargos comissionados, que eram indicações da parlamentar. Um dos principais redutos eleitorais de Michelle está em Plácido de Castro, onde obteve a maior quantidade de votos nas últimas eleições.

Nesse contexto, Gladson Cameli tomou a decisão de exonerar o diretor-geral do Hospital Manoel Marinho Monte, João Lessa Martins, bem como outros 20 comissionados, que em sua maioria eram indicados por Michelle Melo.

As demissões representam uma clara resposta ao rompimento político da deputada com o Palácio Rio Branco. A relação tensa entre eles culminou na destituição de Michelle Melo da função de líder na Assembleia Legislativa, que agora é ocupada pelo deputado Manoel Moraes, do Progressistas.

Esse desdobramento político evidencia as divergências e tensões que podem surgir na arena política e como elas podem impactar diretamente as nomeações e tomadas de decisões no governo estadual. O estado do Acre continua a ser um cenário político em constante evolução, onde alianças e desavenças desempenham um papel crucial.

- Publicidade -
Copiar