22.6 C
Juruá
terça-feira, maio 21, 2024

Secretaria de Meio Ambiente alerta quanto à qualidade do ar no Acre

Por Assessoria.

- Publicidade -

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Acre (Sema), por meio do Centro Integrado de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (Cigma) e da equipe da Sala de Situação e Monitoramento Ambiental (Sisma), alerta a população quanto ao período de estiagem, que interfere na qualidade do ar.

Nas últimas seis horas, em municípios específicos como Rio Branco, Bujari e Xapuri, foi identificado, por meio de monitoramento contínuo, alertas de criticidade da qualidade do ar.

Os informativos sobre a situação da qualidade do ar no estado do Acre são disponibilizados semanalmente com o objetivo de subsidiar ações e tomadas de decisões do governo do Estado. Devido à criticidade, o aviso especial foi emitido para alertar a população para os cuidados.

As leituras sobre a qualidade do ar foram obtidas por meio da rede de sensores disponibilizados pelo Grupo de Estudos e Serviços Ambientais da Universidade Federal do Acre (Ufac) e parte da Rede de Monitoramento da Qualidade do Ar estabelecida pelo Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC), cujos dados podem ser acessados no endereço www.purpleair.com.

Embora o estado esteja reduzindo os focos de queimadas desde o início do ano, com a atuação conjunta entre os órgãos de comando e controle, a secretária do Meio Ambiente, Julie Messias, explica que o momento é de atenção. Ela afirma que o governo tem atuado em todos os municípios, em especial naqueles que foram descritos no decreto de emergência ambiental:

“É importante que todos atuem em conjunto, governo e população. Estamos em uma força-tarefa na capital e nos municípios em um trabalho de conscientização para coibir os ilícitos ambientais. Esse ano enfrentamos uma situação crítica em relação à estiagem e, por isso, os órgãos de comando e controle ambiental têm buscado coibir as queimadas e o desmatamento.”

- Publicidade -
Copiar