23 C
Juruá
domingo, maio 26, 2024

Soldado do Exército suspeito de matar enfermeiro a facadas tem prisão preventiva decretada

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O soldado do Exército Ryan Santiago de Souza, de 19 anos, teve sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. durante audiência de custódia. O jovem é suspeito de matar a facadas o enfermeiro José Rodrigues de Moura Júnior, de 27 anos. O crime aconteceu no domingo, 3, no município de Santa Rosa do Purus, interior do Acre.

Souza, que é natural de Rio Branco, estava a serviço pelo 7° Batalhão de Engenharia de Construção (7º BEC). Ele confessou o crime e foi preso dentro do alojamento do batalhão. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 4h da manhã, nas proximidades de um ginásio na cidade.

Ainda, segundo a PM, o soldado e o enfermeiro estavam na companhia de amigos, consumindo bebidas alcoólicas, quando uma discussão se iniciou. Posteriormente, o soldado retornou ao alojamento do 7º BEC, onde pegou uma faca e, ao retornar ao local da bebedeira, desferiu três golpes fatais na região do tórax e abdômen da vítima, que faleceu no local.

A Polícia Civil ouviu o militar no mesmo dia do crime. Durante o depoimento, por orientação de sua defesa, o soldado optou por permanecer em silêncio, limitando-se a afirmar que a faca usada pertencia a ele. De acordo com a delegada Jade Dene, responsável pelo caso, as circunstâncias do flagrante não deixam margem para dúvidas sobre a autoria do crime.

Após prestar depoimento, o soldado foi conduzido de volta ao quartel, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ele será transferido para Rio Branco, onde ficará detido em uma instalação militar onde aguardará o seu julgamento.

  • Por Dell Pinheiro, dA Gazeta do Acre.
- Publicidade -
Copiar