26.1 C
Juruá
domingo, julho 14, 2024

Suspeito de desmatar mais de 500 hectares de mata nativa no interior do Acre é preso

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Um homem foi preso na segunda-feira (18) suspeito de integrar organização criminosa responsável pela invasão da área de Reserva Legal do Projeto de Assentamento Antônio de Holanda, no Bujari, interior do Acre.

A Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal contra o alvo que, segundo a Polícia Federal, é apontado como o líder do movimento de invasão e foi preso por descumprir uma medida cautelar decretada na Operação Terra Solta I, deflagrada em março de 2023 para reprimir crimes ambientais no assentamento do Incra.

“Denúncia encaminhadas a polícia federal demonstraram que o investigado vinha fomentando reuniões com invasores e mantinha cobranças de mensalidade e outros valores a título associativo. Além disso, foram noticiadas novos relatos de loteamento e ocupação irregular no local, que já alcançou um desmatamento de mais 500 hectares de mata nativa amazônica”

Os investigados devem responder judicialmente pelos crimes de associação a organização criminosa, invasão de terras públicas, desmatamento e falsidade ideológica, entre outros delitos acessórios, cujas penas somadas podem ultrapassar 20 anos de prisão.

  • Fonte: g1 AC.
- Publicidade -
Copiar