30.1 C
Juruá
domingo, dezembro 3, 2023

Adolescente de 14 anos morre com tiro de espingarda na testa e pai acusa o irmão mais velho: ‘não foi acidental’

Por redação.

- Publicidade -

O jovem Nailson Caetano de Paula, de 14 anos, perdeu a vida de maneira trágica, vítima de um tiro de espingarda na testa. O suspeito principal do crime é o próprio irmão, um adolescente de 15 anos. O fato ocorreu no dia 10 deste mês, no Seringal Colombo, no Rio Murú, zona rural de Feijó, interior do Acre.

A notícia só chegou ao conhecimento da polícia na segunda-feira, 16, quando o pai da vítima, o agricultor Antônio Nardilson de Paula, procurou a Polícia Civil para relatar suas suspeitas. Antônio, consternado, não acredita que o tiro tenha sido acidental e apontou o irmão da vítima como o principal suspeito.

O depoimento do pai revela que, ao receber a trágica notícia, tentou levar o corpo do filho para a cidade, mas a mãe do menino, ex-mulher de Nardilson, não permitiu. O adolescente foi sepultado no local, sem passar por exame cadavérico.

O relato do pai, dado ao delegado Railson Ferreira, aponta para diversas versões conflitantes sobre a tragédia. Alguns vizinhos relatam que o tiro foi acidental, outro acreditam que Caetano foi mesmo assassinado pelo irmão, visto que há relatos de brigas frequentes entre eles.

O agricultor, intrigado pela frieza do adolescente mais velho no velório do irmão, acredita que o disparo foi intencional. O delegado assegurou que o caso será minuciosamente investigado.

Com informações do G1/Acre.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!