31.4 C
Juruá
domingo, junho 23, 2024

Aumento de mortes de crianças indígenas preocupa autoridades de saúde em Cruzeiro do Sul, durante período de seca

Por Juruá24horas.

- Publicidade -

A situação no município de Cruzeiro do Sul, no Acre, tem preocupado as autoridades de saúde devido ao aumento no número de mortes de crianças indígenas. No último mês , foram registrados três óbitos no Hospital Regional do Juruá, além de cinco crianças indígenas internadas, sendo uma delas entubada.

O médico pediatra Rondney Brito acredita que a situação está relacionada ao período de seca na região. Ele ressalta a importância da intervenção das autoridades federais para lidar com o problema. Brito faz um apelo aos políticos, especialmente aos oito deputados federais do estado, para que solicitem apoio do governo federal e evitem que a situação se agrave,com o que está acontecendo na Amazonas e no Acre.

O médico destaca a necessidade de um plano de contingência para lidar com a situação. Ele menciona o trabalho do coordenador do distrito, Isaac Piãko, que enfrenta dificuldades logísticas nos municípios. Segundo Brito, o problema está relacionado à contaminação da água que os indígenas consomem, devido à defecação dos animais nas fontes de água.

“Infelizmente, quando as crianças indígenas chegam ao hospital, muitas vezes já é tarde demais para tratar o problema. O pediatra relata um caso recente em que dois pacientes chegaram ao hospital, mas, devido aos sintomas já estarem presentes há vários dias, um deles não resistiu.”

A situação demanda uma ação imediata das autoridades para garantir a saúde e o bem-estar das crianças indígenas na região de Cruzeiro do Sul e das cidades vizinhas. É fundamental que medidas sejam tomadas para evitar novas mortes e garantir o acesso a água potável e condições sanitárias adequadas para a população indígena.

- Publicidade -
Copiar