30.1 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Bittar diz que ONGs atrapalham obras importantes no Acre

Por Matheus Mello, Contilnet.

- Publicidade -

Uma audiência pública está marcada para acontecer na próxima sexta-feira (20), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), para tratar sobre as ações protocoladas no Ministério Público Federal (MPF), à pedido de ONGs que atuam na defesa da Amazônia Brasileira.

A reunião faz parte da agenda que membros da CPI das ONGs, do Senado Federal, devem cumprir em visita ao Acre. Além da audiência pública na Aleac, o grupo fará uma conversa com moradores da Reserva Chico Mendes e terão uma reunião com prefeitos do Alto Acre, em Epitaciolândia.

A audiência foi proposta pelo relator da CPI, o senador Marcio Bittar (União Brasil/AC). Em um vídeo publicado nas redes sociais, ele disse que algumas ONGs comprometem o andamento de obras importantes não só no Acre, mas em todo o país.

“O foco principal vai ser o papel de algumas ONGs, com o Ministério Público paralisando obras no Brasil inteiro, no caso do Acre, a nossa obra sonhada, desejada, necessária, que é a ligação , a continuidade da BR 364, ligando Cruzeiro do Sul a Pucallpa, no Peru, que está paralisada pelo ação de duas ONGs, com o MPF”, disse.

A declaração do senador acontece justamente após a Justiça Federal embargar a obra de construção da Ponte que ligará Rodrigues Alves à Cruzeiro do Sul, e declarar a nulidade do edital. A ponte passa no trecho da estrada de Pucallpa, que é resultado da ação movida pelas ONGs junto ao MPF.

- Publicidade -
Copiar