27 C
Juruá
segunda-feira, maio 27, 2024

Dados apontam para seca mais severa e longa no Acre em 2024

Por Whidy Melo, do AC24horas.

- Publicidade -
Foto Sérgio Vale/ac24horas

O coordenador da Defesa Civil Municipal de Rio Branco, tenente-coronel Cláudio Falcão, disse ao ac24horas nesta sexta-feira, 20, que o Acre deve sofrer com uma seca ainda mais severa em 2024 e que é necessário que os poderes assumam papéis além do esperado para buscar alternativas antes que esteja instaurada a crise.

Falcão disse os dados científicos que estão sendo colocados não indicam que haverá uma grande enchente em 2024, como a que ocorreu em março deste ano, em Rio Branco, mas que a previsão é de uma seca ainda mais severa: “vai ser mais severa do que esta de 2023. É um ponto que já estamos estudando, porque pelo vimos de dados meteorológicos e ambientais, a seca tende a ser mais prolongada e severa em 2024”. A expetativa apressa ainda mais o projeto da Prefeitura de Rio Branco que prevê a perfuração de poços, para abastecer a capital.

Segundo o coordenador da Defesa Civil Municipal, apesar de a responsabilidade pelo abastecimento de água na capital ser da Prefeitura de Rio Branco através do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco – SAERB, neste momento é importante que todas as esferas de poder se incomodem em busca de soluções: “Tem certos problemas que não é só quem tá no papel que tem que resolver, todos tem que estar envolvidos nisso, tanto o município quanto governo estadual e federal, porque se não a população vai sofrer”.

- Publicidade -
Copiar