24.9 C
Juruá
sábado, junho 15, 2024

Dia vai virar noite no Acre em outubro, durante eclipse solar; entenda

Por Leandro Chaves, da Gazeta do Acre.

- Publicidade -

Por volta das 13h30 (horário local) do dia 14 de outubro, sábado, os acreanos presenciarão um fenômeno incomum nos céus: a Lua vai passar em frente ao Sol e encobrirá boa parte da sua luz, deixando o dia com cara de noite por alguns minutos.

O fenômeno será visto em todo o Brasil, porém, com maior intensidade em algumas regiões, em especial no Nordeste, quando nossa estrela ficará quase que totalmente encoberta pela Lua, gerando uma espécie de “anel de fogo” ao redor do astro.

Apenas Natal (RN), João Pessoa (PB), Juazeiro do Norte (CE) e São Félix do Xingu (PA) terão a sorte de ver o eclipse total e, por consequência, o “anel de fogo”.

No Acre, o satélite natural da Terra encobrirá 70,22% do Sol, o suficiente para escurecer parcialmente a tarde ensolarada de sábado. Por aqui, o pico acontece por volta das 14h50, com o fenômeno se encerrando uma hora depois. A duração total do eclipse é de pouco mais de duas horas.

Cuidados

Médicos e astrônomos alertam para os riscos que eclipses solares trazem à visão, se observados a olho nu. Lesões na retina e até mesmo cegueira podem acontecer. Por isso, é importante atentar para o uso de equipamentos especiais para proteger os olhos.

O mais comum são vidros de soldador de número 14 ou superior, material usado para fazer máscaras de solda elétrica. Eles podem ser encontrados em lojas de materiais de construção. Combiná-los com óculos escuros ajudam a proteger ainda mais a visão. Já os óculos de sol não devem ser usados isoladamente, pois não protegem os olhos dos raios solares.

Mesmo com todos esses equipamentos, o ideal é olhar para o Sol por poucos segundos para evitar micro lesões.

- Publicidade -
Copiar