30.3 C
Juruá
sexta-feira, maio 24, 2024

Gonzaga comemora investimentos na cultura e parabeniza Gladson e Minoru: “Quem ganha é o povo”

Por Assessoria.

- Publicidade -

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga (PSDB), participou na noite de segunda-feira (9) da solenidade no Museu dos Povos Acreanos que reuniu dezenas de artistas acreanos para anunciar o maior investimento já destinado à cultura na história do Acre, com R$ 22 milhões em recursos.

O evento, organizado pela Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), marcou o lançamento dos editais da Lei Paulo Gustavo no estado, um marco significativo para fazedores da cultura que enfrentaram grandes desafios durante a pandemia de Covid-19. A solenidade reuniu dezenas de artistas, como músicos, cineastas, artesões, entre outros.

O deputado Gonzaga parabenizou o governador Gladson Cameli e o presidente da FEM, Minoru Kinpara, pela dedicação em buscar recursos para investimentos na cultura acreana.

“A cultura acreana está de parabéns, assim como o governador Gladson Cameli e o presidente da FEM, Minoru Kinpara. Esse anúncio de investimentos me traz alegria porque vai beneficiar os fazedores de cultura, mas também a população acreana. Quem ganha é o povo”, disse.

Gonzaga também destacou o excelente trabalho de Minoru à frente da administração da FEM.

“O excelente trabalho que o Minoru vem fazendo na FEM não me surpreende, pois ele foi um ótimo reitor da Ufac. Agora ele tem feito um bom trabalho em prol da cultura e do governo do Estado. Parabéns pelo trabalho, Minoru”, disse o presidente da Aleac.

O governador Gladson Cameli expressou seu compromisso em apoiar a arte e a cultura, reconhecendo que desempenham um papel fundamental no desenvolvimento econômico e social do estado.

“Esses R$ 22 milhões são os números de oportunidades de fazer a diferença. Porque a cultura é a expressão daquilo que está no coração da sociedade. Os artistas registram a história social, as transformações e os anseios da população. Quero manifestar a minha gratidão por todos que fazem cultura e arte no Acre. E reforçar que o papel de vocês é essencial para que tenhamos uma sociedade cada vez mais democrática e inclusiva”, destacou o governador.

O presidente Minoru Kinpara comemorou a liberação dos investimentos por parte do governo federal e lembrou que o processo foi longo, mas com um “final feliz” para a cultura acreana.

“Durante a pandemia da Covid-19 foi criada da Lei Paulo Gustavo para amparar os artistas brasileiros. O Acre não poderia ficar de fora. Corremos atrás e buscamos esses recursos. Não foi uma jornada simples, foi algo construído com muitas cabeças. Hoje o Acre recebe um recurso inédito para os fazedores de cultura. Viva a cultura”, disse.

- Publicidade -
Copiar