23.9 C
Juruá
domingo, março 3, 2024

Governo Lula corta R$ 19 milhões que seriam destinados a obras de infraestrutura e segurança pública no Acre

Por Notícias da Hora.

- Publicidade -

Lula: não voltei a governar para fazer o mesmo que já fiz

A ministra do planejamento do Governo Lula, Simone Tebet, publicou uma portaria nesta segunda-feira (16) no Diário Oficial da União (DOU) que não traz boas notícias ao Estado do Acre.

Embora a portaria abra crédito suplementar no valor de R$ 247 milhões para diversos órgãos do Poder Executivo. No anexo 2, da referida portaria, especifica que o recurso suplementar foi retirado de algumas obras, dentre elas do Estado do Acre, que sofre uma dura baixa no orçamento com uma redução de R$ 19 milhões, que deixará de ser investidos em infraestrutura e segurança pública.

O maior corte foi de R$ 16 milhões, que seriam destinados à ponte que ligaria Cruzeiro do Sul à Rodrigues Alves, embora a obra estivesse prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, que prevê R$ 26,6 bilhões em investimentos no Acre.

A ponte entre Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves , no Vale do Juruá, é uma reivindicação antiga e pelo jeito a população vai continuar sofrendo com a travessia pela balsa ou percorrendo mais 44 quilômetros pela Rodovia AC-405 para cruzar de uma cidade a outra.

Os cortes não param por aí, foi cortado ainda R$ 1 milhão, que seria destinado ao desenvolvimento de Políticas de Segurança Pública, Prevenção e Enfrentamento à Criminalidade em Rio Branco.

Outros R$ 3 milhões, do Ministério da Defesa, por meio do programa de implementação de Infraestrutura Básica nos Municípios da Região do Calha Norte – No Estado do Acre, foi reduzido para somente R$ 1 milhão, totalizando uma perda orçamentária de R$ 19 milhões.

Educação – Na mesma portaria, a ministra alocou recursos para o funcionamento da Universidade Federal do Acre (Ufac) para operacionalização no valor de R$ 465 mil, que vinha padecendo no governo Bolsonaro para manter o funcionamento e serviços básicos devido aos inúmeros cortes orçamentários sofridos pelas instituições de ensino federal no Acre e demais estados brasileiros.

VEJA A PORTARIA

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!