36 C
Juruá
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Hospital João Barbosa promove capacitação sobre acidentes ofídicos em Guajará (AM)

Por Assessoria.

- Publicidade -

Na manhã desta sexta-feira, 20, o Hospital João Barbosa, em parceria com a Universidade Federal do Acre e a Secretaria Municipal de Saúde de Guajará (AM) promoveu uma capacitação de profissionais da saúde para reconhecimento e tratamento de acidentes ofídicos.

A capacitação aconteceu no auditório da Secretaria de Saúde, e visa preparar os profissionais para identificarem corretamente as espécies e tratarem, em tempo eficaz, os casos de acidentes ofídicos. O professor Dr. Paulo Bernardes, estudioso de acidentes ofídicos e conhecedor da região do Alto Juruá, levou esses conhecimentos aos 68 participantes, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos, farmacêuticos, agente comunitário de saúde, médico veterinário, engenheiro florestal e biólogo.

“Nessa palestra, nós abordamos resultados de nossas pesquisas que estamos realizando desde 2006 na região do Alto Juruá, então a fauna de cobras peçonhentas, a situação epidemiológica regional, nós já temos muitas informações sobre isso” disse o professor.

Na região, a maioria dos casos são por picada de cobra. Com a chegada da seca, os números aumentam, e a quantidade de soro disponível diminui.

“O que a gente quer com isso? Melhorar o manejo clínico para o nosso paciente, para que ele seja atendido e reconhecido o tipo de acidente ofídico a que ele se submeteu e, no momento oportuno, introduzir o soro correto, para evitar assim o óbito do paciente ou algum tipo de complicação” disse a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital João Barbosa, Valéria Gaspar.

Ela acrescentou ainda que o mais importante para a utilização correta dos soros é o reconhecimento do tipo de serpente, ao qual poderá ser feita pelo médico pelos sintomas apresentados pelo paciente, através de uma imagem ou até mesmo do próprio animal.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!