23.4 C
Juruá
domingo, março 3, 2024

Polícia prende suspeitos de terem decepado mão de homem por dívida de droga

Por Matheus Mello, Contilnet.

- Publicidade -

Em maio deste ano, no município de Feijó, um homem teve a mão decepada pelo ‘Tribunal do Crime’, após dever drogas à uma facção criminosa. O momento da tortura foi registrado em um vídeo e divulgado nas redes socais.

Ele foi identificado como Luerllem Santana Melo, de 30 anos.

Nas imagens, quatro acusados comentem o crime contra Luerllen. A vítima leva várias terçadadas, até ter sua mão cortada. Em seguida, ele sai do local com o braço ensanguentado.

Nesta sexta-feira (20), a Polícia Civil de Feijó confirmou a prisão de três dos quatro acusados. Ao ContilNet, o delegado Railson Ferreria informou que uma das prisões, de José da Silva e Silva, aconteceu em Manuel Urbano, em uma ação conjunta entre as equipes dos dois municípios.

As outras duas prisões foram feitas pelas Polícias Civil e Militar de Feijó. Foram presos: Damião Silvas e Silva e Marcos Luz do Nascimento.

O delegado explica que quatro indivíduos sequestraram a vítima no bairro Bela Vista, amarraram e levaram até uma área de mata em Feijó. Após 5 horas de cárcere, a vítima teve a mão decepada, como ‘disciplina’ aplicada pelo Tribunal do Crime das facções. O motivo principal do crime, segundo a Polícia, é que Luerllen devia drogas a uma organização criminosa do município.

Um dos criminosos já foram ouvidos e confessou a participação no crime. Os outros dois serão ouvidos ainda nesta sexta-feira e devem passar por audiência de custódia no sábado (21), onde irão ficar à disposição da Justiça.

“Eles respondem pelo crime de organização criminosa e tortura”, disse o delegado.

O quarto envolvido no crime ainda não foi preso e segue foragido.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!