22.6 C
Juruá
terça-feira, maio 21, 2024

Zequinha defende integração aérea Cruzeiro do Sul-Pucallpa em caráter imediato

Por Redação

- Publicidade -

O prefeito Zequinha Lima de Cruzeiro do Sul se encontra em Pucallpa na região do Ucayally, Amazônia Peruana, para participou do IV Encontro de Autoridades para declaração do Corredor Rodoviário Lima-Pasco-Huánuco-Ucayali-Pucallpa 2023.
O encontro reuniu representantes das regiões integradas pela rodovia que une a capital Lima à cidade de Pucallpa. Zequinha participou a convite da deputada Antônia Sales e da alcadeza (prefeita) Janeth Castagne de Coronel Portillo, para representar Cruzeiro do Sul e o Juruá nessa reunião.


A reunião aconteceu como parte das atividades da Semana do Jubileu de Pucallpa, na Província de Coronel Portillo no Auditório da Universidade Nacional Intercultural da Amazônia – UNIA, no Distrito Yarinacocha.

O prefeito Zequinha Lima tem defendido que a ligação rodovia seja discutida, sempre levando em consideração os impactos socais e ambientais, mas também sem perder de vista os benefícios de uma ligação rodoviária.

“Quero agradecer a recepção da prefeita Janeth Castagne e cumprimentar a deputada Antônia Sales por este convite. Para nós, foi um momento histórico para o Acre, Brasil e Cruzeiro do Sul. Estamos tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe. Estando a apenas 200 km de Cruzeiro do Sul, tivemos que viajar até Lima, estando a apenas 30 minutos de voo de Cruzeiro do Sul. É uma causa que nos une para poder encurtar distâncias e estabelecer essa ligação aérea entre o Peru e o Brasil por Cruzeiro do Sul, e continuar debatendo com responsabilidade uma ligação terrestre. Sabemos da importância de nos conectarmos com o Juruá, o que fortalecerá a economia e poderá ser um corredor industrial para o Brasil e os principais portos do Peru. São dois países com imensa riqueza cultura e devemos estar mais próximos para aprender uns com os outros.”


Viabilizar um voo de Cruzeiro do Sul para Pucallpa é algo que poderia ser implementado de maneira mais imediata. Para tal, é necessária a documentação de Vigilância Sanitária, do Ministério da Agricultura e Alfândega. São cinco voos diários de Pucallpa para Lima, e uma ligação aérea cm Cruzeiro do Sul já traria esta integração.
“Esta é uma realidade que não devemos ignorar. É o momento de unir as classes políticas, deputados, senadores, para abrir nossos olhos. Haveria um ganho significativo nessa conexão, e isso vem sendo discutido por muito tempo”, disse Zequinha.
A Deputada Antônia Sales esteve presente ao encontro disse :

“A estrada para nós significa uma esperança de uma relação bem próxima, porque todos estamos pensando da mesma maneira de ver esses dois povos que estão há muito tempo de costas um do outro, podendo se encontrar de frente e nos unir, nos integrar, porque nós precisamos uns dos outros. E pela BR 364 muitos estados estariam conectados de uma vez”, disse a deputada.
A Alcadeza (equivalente à prefeita) Janeth Castagne explicou que a integração Cruzeiro do Sul Pucallpa representaria o acesso a um corredor de exportação ainda mais amplo, pois através de Lima se dá o acesso aos portos do Pacífico e ao grande mercado representado pela China.
“Representa uma integração de importantes regiões geográficas do Brasil e Peru, tanto para que possamos levar nossos produtos, como os brasileiros também trazerem seus produtos para cá e acessar os mercados do Pacífico de maneira mais curta.”

- Publicidade -
Copiar