30.3 C
Juruá
sexta-feira, maio 24, 2024

No Juruá, governo habilita servidores do Iapen com novos armamentos

Por Aline Querolaine, da Agência de Notícias do Acre.

- Publicidade -

O conceito de segurança pública está relacionado a um estado de normalidade social que permite a manutenção da integridade física dos cidadãos e a preservação do patrimônio público e privado. Por isso, o governo do Acre tem investido em treinamentos e equipamentos de segurança para as forças de segurança em todo o estado.

Para atender esse objetivo, profissionais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) de Cruzeiro do Sul participaram, durante uma semana, de uma instrução sobre o manuseio e manutenção de armamentos recentemente adquiridos pela instituição. O encerramento do curso se deu nesta terça-feira, 7, na Penitenciária de Cruzeiro do Sul.

Policiais penais se aperfeiçoaram para operações especiais. Foto: Marcos Santos/Secom

O presidente do Iapen, Alexandre Nascimento, destacou a importância do treinamento para o efetivo da unidade. “Uma segurança pública de qualidade passa por políticas bem projetadas, gestão pública eficiente e transparente, além de investimentos em pessoal e infraestrutura. Aqui no Juruá, nossa gestão está se emprenhando em garantir o melhor para os servidores e, consequentemente, para a população”, disse.

Com investimentos do governo em segurança pública, servidores do Iapen são instruídos sobre novos armamentos. Foto: Marcos Santos/Secom

A policial penal Ester Santos ratificou a importância do treinamento para sua carreira profissional: “É muito importante que os cidadãos tenham a confiança de que podem viver, sair para trabalhar ou para o lazer com a certeza de que retornarão para casa em segurança, sem sofrer atentados ou ameaças, por isso esses treinamentos e a aquisição de novos equipamentos são importantes”.

“Segurança pública de qualidade é também prioridade da atual gestão” destacou Alexandre. Foto: Marcos Santos/Secom

“A realização dessas ações são um esforço coletivo para conter a criminalidade, uma vez que são imensos os desafios enfrentados pelas operações policiais especiais para combater o crime em todo o estado”, enfatizou Elves Barros, diretor do presídio de Cruzeiro do Sul.

- Publicidade -
Copiar