30.3 C
Juruá
sexta-feira, maio 24, 2024

Novembro Azul: quase 30 acreanos morreram por câncer de próstata em 2023

Por Nicolle Araújo, dO Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Prevenção do câncer de próstata: confira os sintomas

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que o Acre registrou 28 mortes em decorrência do câncer de próstata em 2023, no período entre os meses de janeiro e setembro.

No ano de 2022 foram 27 e, em 2021, 33 óbitos pela doença. Em seis anos, o estado teve mais de 250 casos. Esses números foram contabilizados pelo Núcleo de Prevenção de Doenças Crônicas da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre).

O mês de novembro é o mês especial de prevenção ao câncer de próstata. Mas do que se trata a doença?
Caracteriza-se por um desenvolvimento anormal das células da próstata (glândula masculina responsável por produzir parte do sêmen), formando um tumor. Em alguns casos, os tumores podem crescer rapidamente e se espalhar para outros órgãos. Dessa forma, se não for tratado, pode levar à morte.

Visto que está relacionado, em sua maioria, a fatores imutáveis como a predisposição genética ou a idade, a prevenção do câncer de próstata é atribuída a hábitos saudáveis e cuidados regulares com a saúde.

75% dos casos de câncer de próstata no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Por isso, é considerado uma doença da terceira idade.

Atualmente, segundo o Atlas de Mortalidade por Câncer, a média anual de mortes por câncer de próstata no Brasil é de quase 16 mil.  Além disso, um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) revelou que, a cada 38 minutos, um homem morre no país devido ao câncer de próstata.

- Publicidade -
Copiar