36 C
Juruá
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Acre leva pauta positiva para primeiro dia de participação na COP28

Por Renata Brasileiro.

- Publicidade -

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, anunciou nesta sexta-feira, 1º, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a aprovação e publicação em diário oficial do Plano Estadual de Prevenção e Controle de Desmatamento e Queimadas (PPCDQ) para o período de 2023-2027.

O anúncio foi feito durante a mesa-redonda que propôs um diálogo colaborativo entre os estados brasileiros que compõem o consórcio, durante a COP28.

Governador Gladson Cameli anunciou a instituição do Plano de Prevenção e Controle de Desmatamento e Queimadas em mesa-redonda na COP28. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O Acre levou como exemplo de sustentabilidade o programa do Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais (Sisa), que foi o primeiro colocado no Prêmio de Excelência e Competitividade 2023, na categoria boas práticas, com o Programa REM, na fase II.

“Possuímos mais de 85% de área nativa, preservada e livre da ação do homem. Os desafios são muito grandes e temos um longo caminho a percorrer ainda, mas podemos dizer que, pelos resultados, estamos caminhando na direção certa”, destacou o governador.

Realizada em Dubai, nos Emirados Árabes, a COP 28, teve início na quinta-feira, 30, e segue até dia 12 de dezembro. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Mediada pelo diretor executivo para a América do Sul da Iclei, uma organização não-governamental que trata de sustentabilidade, Rodrigo Perpétuo, a mesa contou ainda com a participação dos governadores da Bahia, Jerônimo Rodrigues; do Piauí, Rafael Fontenele; de Pernambuco, Raquel Lira; e representantes dos governos do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Acre marca presença no maior evento mundial de debates referentes à crise do clima. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“O que o governador Gladson Cameli realizou durante este debate foi de grande importância, pois ele estimulou os demais governadores a trabalharem com o enfrentamento às mudanças climáticas, provando que os resultados vêm”, destacou o mediador Rodrigo Perpétuo.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!