24.8 C
Juruá
segunda-feira, maio 27, 2024

Acre amplia vacinação para crianças, adolescentes e pessoas com comorbidades

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) iniciou nessa segunda-feira, 15, a vacinação em crianças e adolescentes de 6 a 16 anos. Em caráter temporário, pessoas com comorbidades (diabetes, hipertensão arterial e renais crônicos), de 20 a 59 anos, também serão contemplados nesta nova fase.

Para receber a vacina, o cidadão deverá comparecer a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou ao Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie) portando a carteirinha de vacinação, documento de identificação, preferencialmente Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), e as crianças devem estar acompanhadas por um responsável maior de 18 anos.

De acordo com a coordenação estadual do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a faixa etária e o público-alvo devem avançar progressivamente, conforme as recomendações do Ministério da Saúde (MS). “A adesão à vacinação ainda está sendo baixa. Então, é preciso expandi-la para todo o estado, a fim de alcançar o máximo de pessoas possível”, disse a coordenadora do PNI no Acre, Renata Quiles.

Conforme a Nota Técnica n° 002/2024, do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Sesacre, considerando os grupos com comorbidades, pacientes com hipertensão, diabetes tipo 2 e renais crônicos apresentam uma maior incidência nos casos de dengue.

“Os dados destacam a importância da vigilância e do controle da dengue, especialmente em populações vulneráveis com condições de saúde preexistentes. Por isso, a necessidade de ampliarmos a vacinação também para esse público”, ressaltou o secretário de Saúde, Pedro Pascoal.

O Acre foi o primeiro estado da Região Norte a iniciar a vacinação contra a dengue. A expectativa é vacinar, inicialmente, 17.810 pessoas do público-alvo em todo o estado.

- Publicidade -
Copiar