28.8 C
Juruá
quarta-feira, abril 24, 2024

Acre gerou mais de 800 vagas de empregos formais em fevereiro

Por Wesley Moraes.

- Publicidade -

O Acre encerrou fevereiro com a criação de 853 postos de trabalho com carteira assinada. Os dados são do Novo Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Com 827 vagas, o setor de serviços foi o que mais empregou no período, seguido pelo comércio (35) e construção civil (35). A variação relativa registrada chegou a 0,82%, a quarta maior da Região Norte do país.

Acre encerrou fevereiro de 2024 com a geração de 853 postos de trabalho formais. Foto: Marcos Vicentti/Secom

De acordo com o levantamento, Rio Branco, Senador Guiomard e Cruzeiro do Sul foram os munícipios acreanos que mais admitiram trabalhadores. Já o salário médio ficou em R$ 1.662,19.

O Acre finalizou 2023 com saldo positivo na geração de empregos e com a menor taxa de desemprego do Brasil. No período, foram gerados 4.562 postos formais de trabalho. Os segmentos de serviços, comércio e construção civil foram os que mais contrataram.

O governo do Estado tem contribuído positivamente com o fortalecimento da economia local. Além da execução de importantes obras, que necessitam de muita mão de obra, nos últimos anos, mais de 3,3 mil novos servidores foram chamados para atuar no serviço público.

“Juntos, o poder público e a iniciativa privada estão criando as condições para que o Acre cresça e se desenvolva cada vez mais. Uma das nossas principais prioridades é a geração de emprego e renda para o nosso povo. Com muito trabalho e determinação, vamos seguir avançando”, declarou o governador Gladson Cameli.

- Publicidade -
Copiar