32.5 C
Juruá
quinta-feira, junho 20, 2024

Acre participa de conferência internacional sobre segurança alimentar e combate à fome

Por Agência de Notícias do Acre.

- Publicidade -

Entre os dias 28 e 29 de maio, a cidade de São Paulo (SP) sediou a Conferência Internacional Josué de Castro sobre Segurança Alimentar e Combate à Fome. O secretário adjunto de Agricultura e presidente estadual da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), Edivan Azevedo, a secretária executiva da Caisan, Michelle Wolter, e a técnica do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Valdenisa Coimbra, representaram o Acre no evento.

Entre os dias 28 e 29 de maio, São Paulo (SP) sediou a Conferência Internacional Josué de Castro sobre Segurança Alimentar e Combate à Fome. Foto: cedida

O evento debateu, por meio de palestras e mesas de discussão com especialistas globais no assunto, temas importantes, como os desafios atuais na produção agrícola, bem como o uso de tecnologias sustentáveis, o apoio governamental aos produtores rurais e medidas eficazes para que mais pessoas tenham acesso a alimentação.

A atual gestão do governo acreano tem se empenhado na promoção de políticas públicas de enfrentamento à insegurança alimentar. Destaque para o Prato Extra, o maior programa social da história do Acre, que alimenta, diariamente, mais de 135 mil estudantes da rede estadual de ensino com refeições de qualidade e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), responsável pelo fortalecimento da agricultura familiar e de beneficiar pessoas em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, 37 entidades são atendidas pela iniciativa, em todo o estado.

Secretário adjunto de Agricultura e presidente estadual da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), Edivan Azevedo, a secretária executiva da Caisan, Michelle Wolter, e a técnica do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Valdenisa Coimbra, representaram o Acre no evento. Foto: cedida

“O Estado tem se dedicado cada vez mais no combate à fome. Gostaria de destacar o trabalho realizado pelo governador Gladson Cameli e pelo secretário Luís Tchê. Seja por meio do Prato Extra ou do PAA, o governo demonstra seu compromisso com a segurança alimentar da população. Não tenho dúvidas que vamos avançar ainda mais nos próximos anos e assegurar que mais pessoas tenham acesso a alimentos de qualidade”, frisou Azevedo.

“Aproveito a oportunidade para agradecer o convite feito pelo secretário de Relações Internacionais da Prefeitura de São Paulo, Aldo Rebelo, responsável pela organização. A participação do Acre neste encontro é muito importante, principalmente pelo intercâmbio e troca de experiências com grandes especialistas no assunto”, completou o secretário adjunto.

Sobre os homenageados

Pernambucano do Recife, o professor, geógrafo, cientista social, médico e ativista Josué de Castro representa um marco no combate à fome não só no Brasil, mas no mundo. Além de ter exercido os cargos de presidente do Conselho Executivo da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e embaixador brasileiro na ONU, ele escreveu importantes obras relacionadas ao tema, como Geografia da Fome, Geopolítica da Fome, Sete Palmos de Terra e um Caixão e Homens e Caranguejos. O homenageado faleceu em Paris, na França, em 1973.

A conferência teve como patrono o ex-ministro da Agricultura, Alysson Paolinelli. Falecido no ano passado, ele era agrônomo e político, e expandiu os estudos  sobre o potencial da região do Cerrado para a produção agrícola brasileira.

- Publicidade -
Copiar