32 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Dia da biodiversidade: conheça o misterioso lugar no Acre que guarda maior variedade de fauna do mundo

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O Dia Internacional da Biodiversidade foi criado pela ONU em 1992, em um movimento mundial de debates sobre a preservação do planeta e os efeitos climáticos. Nesta quarta-feira (22), o ContilNet mostra o lar da maior biodiversidade do planeta e que fica aqui, no Acre: a Serra do Divisor.

Apesar de sua importância, a Serra do Divisor enfrenta ameaças significativas/Foto: Marcos Vicentti/Secom

Localizada na fronteira entre Brasil e Peru, a região abriga uma incrível diversidade de vida, sendo um santuário ecológico e berço das mais variadas pesquisas sobre biologia no mundo.

A Serra é uma das áreas de conservação mais significativas do Brasil. Com uma extensão que se aproxima dos 8.400 quilômetros quadrados, ela é parte do Parque Nacional da Serra do Divisor, criado em 1989.

A região é conhecida por suas paisagens impressionantes, que incluem montanhas cobertas de vegetação densa, rios cristalinos e uma abundância de cachoeiras. Lar também de comunidades indígenas, como o povo Nukini, o vice-líder da Aldeia, Txane Pistyani, fala também sobre quem mora no local e a importância de sua preservação:

“A Serra do Divisor é um lugar muito importante para nós, somos um povo daqui e nossos ancestrais também são”, disse à Agência de Notícias do Acre.

Serra do Divisor/Foto: Reprodução

A área é lar de inúmeras espécies de plantas e animais, muitas das quais são endêmicas – ou seja, não são encontradas em nenhum outro lugar do mundo. Entre as espécies vegetais, destacam-se orquídeas raras e árvores gigantescas. A fauna é igualmente diversa, incluindo jaguares, onças-pintadas, antas, e uma miríade de aves, répteis e anfíbios.

Os rios e corpos d’água da região abrigam diversas espécies de peixes, algumas das quais são importantes tanto para a ecologia local quanto para as comunidades indígenas que dependem desses recursos para sua subsistência.

A Serra do Divisor não é apenas um refúgio para a vida selvagem, mas também um laboratório vivo para cientistas e pesquisadores. Estudos contínuos na área têm revelado novas espécies e fornecido insights valiosos sobre ecologia, biologia evolutiva e conservação.

A área é lar de inúmeras espécies de plantas e animais/Foto: Jhonatan Fabrício

Apesar de sua importância, a Serra do Divisor enfrenta ameaças significativas. A pressão da exploração madeireira ilegal, a expansão da agricultura e projetos de infraestrutura representam riscos contínuos para a integridade ecológica da região. Além disso, a proximidade com a fronteira peruana aumenta a vulnerabilidade à exploração transfronteiriça.

Neste Dia Internacional da Biodiversidade, a Serra do Divisor nos lembra da beleza e da fragilidade dos nossos ecossistemas naturais. É um momento para refletir sobre a importância da biodiversidade para a saúde do nosso planeta e para tomar medidas concretas em sua defesa.

- Publicidade -
Copiar