32 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

‘Foi muito rápido’, diz pai de menina de 2 anos que morreu com pneumonia em Cruzeiro do Sul

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -
Isis Emanuelle, de 2 anos e 10 meses, morreu com pneumonia nessa quarta-feira (22) — Foto: Arquivo da família
Isis Emanuelle, de 2 anos e 10 meses, morreu com pneumonia nessa quarta-feira (22) — Foto: Arquivo da família

“Quinta-feira [16] estava andando, saudável e feliz. Foi tão rápido, nem eu consegui entender o que aconteceu”.

O depoimento é do comerciante Francisco Rodrigues, pai da pequena Isis Emanuelle da Silva Rodrigues, de 2 anos e 10 meses, uma das crianças que morreu com pneumonia aguda no Acre. A menina morreu nessa quarta-feira (22), em Cruzeiro do Sul, distante 636 km de Rio Branco.

Dois dias antes, na segunda (20), um menino de 9 anos também faleceu com o mesmo diagnóstico. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) investiga os casos.

Francisco Rodrigues é comerciante de Mâncio Lima, cidade vizinha de Cruzeiro do Sul, e tem mais dois filhos além de Isis, uma bebê de 1 mês e um menino de 6 anos. Os dois filhos estão gripados, sendo que a bebê está hospitalizada desde segunda no hospital do município.

Segundo o pai, Isis teve uma febre no Dia das Mães, no último dia 19, foi levada ao hospital, medicada e voltou para casa no mesmo dia. Na sexta (17), a menina acordou com febre e muito ruim. A família, então, a levou para o hospital, onde foi diagnosticada com pneumonia e encaminhada para Cruzeiro do Sul.

“Quando chegamos lá, por volta das 23h30, o médico chegou e viu que o estado dela era grave e que entubaria ela. Disse que o pulmão estava todo comprometido e que a gente ia viajar. Acho errado aqui, Cruzeiro do Sul é uma cidade grande, não ter uma UTI pediátrica, acho uma falta da saúde. Ela precisava de uma UTI pediátrica, então, iam encaminhar para outro lugar, só que ela não aguentava”, lamentou.

A criança ficou na UTI até essa quarta, quando morreu. “Foi só piorando, a cada notícia que tinha na UTI era só de piora. Foi muito rápido”, relembrou.

Filhos gripados

Francisco Rodrigues conta que a filha não tinha sintomas de gripe. Já a bebê de um mês está bastante gripada e internada no hospital de Mâncio Lima. O outro filho, de 6 anos, também está gripado e com bastante tosse.

O quadro de saúde dos filhos preocupa muito o comerciante após a morte de Isis. “Estou muito apreensivo, preocupado. Minha esposa está no hospital com a neném, ainda está operada do parto. Passei lá agora pouco e ela está bem. O menino está tossindo muito, mas não fez exames. Se continuar tossindo vou levar no hospital”, concluiu.

Mortes em Cruzeiro do Sul

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) disse que as duas crianças deram entrada no pronto socorro de Cruzeiro do Sul com quadro de pneumonia aguda. Contudo, o laudo que vai confirmar o que provocou a doença ainda não foi concluído.

O menino, de 9 anos, morreu na última segunda-feira (20), e a menina, que estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), morreu nessa quarta (22).

município está com 80% dos leitos de UTI ocupados. No entanto, a maior parte dos casos é de traumas, acidentes de trânsito, situação de neurologia e cardiologia.

No último dia 14, o governo estadual decretou situação de emergência em decorrência do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave e da superlotação dos leitos de terapia intensiva. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e tem validade de 90 dias.

  • Fonte: g1 AC.
- Publicidade -
Copiar