32 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Mâncio Lima, cidade mais ocidental do país, celebra 47 anos com avanços e se tornando referência turística

Por Tácita Muniz.

- Publicidade -

“Neste recanto do Brasil tem um povo forte e varonil. Mâncio Lima, terra gigante, onde Deus abençoou nosso Brasil”, diz o início do hino da cidade mais ocidental do país, que leva o nome de seu desbravador, o cearense Mâncio Agostinho Rodrigues de Lima. O município, que compõe uma das regiões mais atraentes do estado, completa 47 anos nesta quinta-feira, 30, e comemora o desenvolvimento socioeconômico, sendo inclusive, um dos corredores mais importantes para o fomento do turismo no estado.

O município mancio-limense abriga o ponto mais extremo a oeste do território brasileiro na nascente do Rio Moa, situada na fronteira com o Peru. São as águas desse rio de águas pretas que levam até um dos santuários de maior diversidade do país: o Parque Nacional da Serra do Divisor.

Nesta quarta-feira, dia 30, Mâncio Lima completa 47 anos de fundação. Foto/ Diego Silva/ Secom

A cidade nasceu de um povoado denominado Vila Japiim. Numa imensa região banhada pelo Rio Moa e afluentes, cortada por paranás, igarapés e igapós, fixou-se um grande número de nordestinos, predominando entre eles os cearenses, que se fixaram como seringueiros ou agricultores. Em 14 de maio de 1976, a Lei nº 588 elevou oficialmente Mâncio Lima à categoria de município, mas, apenas em 30 de maio de 1977, a cidade conquistou a sua autonomia e emancipação.

Fundada sob a influência da extração da borracha, atualmente a cidade acreana, com 19.294 habitantes, comemora avanços e tem recebido investimentos que vão desde infraestrutura até capacitação na área do turismo. Além disso, o município, que tem como cartão postal a Alameda das Águas, tem chamado cada vez mais atenção.

O governador do Estado, Gladson Cameli, como tem feito nas comemorações de todos os municípios, reforçou a prioridade em desempenhar uma gestão democrática e que preza a união entre todos os poderes.

“Como tenho feito questão de destacar, o meu governo é municipalista, tendo mantido um diálogo aberto com todas as prefeituras, para que a gente possa avançar, pensando e levando em consideração as especificidades desses 22 municípios. Então, hoje, quando Mâncio Lima se aproxima de seu meio século, é uma data para celebrarmos os avanços e reafirmar nosso compromisso com cada morador dessa cidade que compõe nossa região do Juruá”, enfatiza.

Cidade de Mâncio Lima completa 47 anos. Foto: Diego Silva/ Secom

Infraestrutura

O Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre), em parceria com a Prefeitura de Mâncio Lima, está à frente das obras de infraestrutura e manutenção no parque público da cidade. A presidente da autarquia, Sula Ximenes, afirmou que os trabalhadores executaram manutenção e requalificação de vias, além de roçagem, limpeza e pintura.

“Esses serviços devem garantir mais qualidade de vida para a população de Mâncio Lima. E eu sigo cumprindo a determinação do governador Gladson Cameli, de apoiar as prefeituras e trabalhar pela população”, enfatizou a presidente, ao vistoriar a obra no início de maio.

Em março, o Deracre também fez a manutenção de 12 ruas do município, proporcionando mais segurança e conforto aos motoristas e pedestres. Foram realizados serviços de recuperação, com retirada e limpeza do pavimento quebrado, aplicação e compactação de nova massa asfáltica na rua, tudo em parceria com a prefeitura da cidade.

O morador Francisco de Sousa agradeceu pela iniciativa. “É uma parceria muito importante para toda população e podemos ver de perto o trabalho dessa equipe, tendo resultado positivo para nós, ciclistas e moradores que precisam de ruas com melhores condições”, afirmou.

Hospital Dr. Abel Pinheiro Maciel Filho, em Mâncio Lima. Foto: Pedro Devani/Secom

Saúde

Investimentos em pessoal, estrutura e equipamentos fizeram o Hospital Dr. Abel Pinheiro Maciel Filho alcançar marca histórica em atendimento. Os avanços em 2023, em números, representaram: 103.871 exames laboratoriais; 5.877 exames de raio-x; 20.261 consultas médicas; 679 internações hospitalares; a contratação de 10 novos profissionais efetivos; aquisição de novos equipamentos, na ordem de mais de R$ 65 mil; 35o cirurgias oftalmológicas e quase 100 pequenas cirurgias; além da farmácia abastecida de forma ininterrupta.

Após 16 anos sem funcionar, o centro cirúrgico do estabelecimento hospitalar foi reativado pela gestão do governador Gladson Cameli. Após esse avanço, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), fez mais de 340 cirurgias oftalmológicas, somente em 2023.

Durante um mutirão, que atendeu 180 pessoas, Leonilia Silva, falou da importância desse serviço estar mais próximo da população. “Seria muito difícil me deslocar para outra cidade, com despesas e outras dificuldades, para buscar atendimento. Esse mutirão foi gratificante para mim e agora terei a visão restaurada”, disse, ao ser atendida pelas equipes de saúde.

Povo Puyanawa

Um dos atos mais simbólicos de respeito às tradições também foi feito na gestão de Gladson Cameli. Em setembro do ano passado, uma ação integrada entre o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) a Defensoria Pública do Acre (DPE/AC) e o governo do Estado, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH) incluiu a menção à etnia indígena nas certidões de nascimento, realizando um sonho de todo o Povo Puyanawa. E ainda foram oferecidos os serviços de emissão de documentos, atendimentos jurídico, previdenciário e social, de saúde, entre outros.

“Hoje, na nossa história, para o nosso povo, é um dia que vai ficar marcado para sempre. Celebramos uma conquista, a realização de um sonho de a gente poder colocar o nosso nome étnico em nossos documentos. Acredito que hoje o nosso povo passa a incorporar melhor uma verdadeira cidadania”, disse Joel Puyanawa, cacique do povo indígena.

Nome Puyanawa na certidão é uma conquista histórica para o povo indígena. Foto: Marcos Santos/ Secom

Turismo

Por ser a localidade de acesso ao Parque Nacional da Serra do Divisor, Mâncio tem recebido muitos turistas. Em abril, a Secretaria de Estado de Turismo e Empreendedorismo (Sete) ministrou a Oficina de Atualização do Mapa do Turismo 2024 Acre e a Oficina do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) aos profissionais de turismo da cidade, sobre os benefícios e o Mapa do Turismo Brasileiro.

Durante a ação, a equipe da Sete também realizou o registro de novas carteiras de artesãos aos profissionais locais. Entre os cadastramentos, a Pousada Caminhos da Cachoeira, localizada na Serra do Divisor, conseguiu obter a credencial no Cadastur. A representante da pousada, Andressa Pinheiro, ressaltou: “Creio que isso vai nos ajudar bastante, fazendo com que os clientes nos procurem de uma forma mais fácil. A gente não tinha esse meio ainda.

A cidade ficou conhecida também pelo seu carnaval na Alameda das Águas. O Carnaval Eco Folia atraiu um público de aproximadamente 40 mil foliões, sendo o resultado da parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura de Mâncio Lima, que garantiu a segurança dos foliões, aquecendo a economia e o turismo local. Com um investimento de quase R$ 4 milhões, a obra possibilitou aos foliões curtirem em um espaço totalmente revitalizado.

Mais de 75 famílias foram contempladas com a venda de alimentos e bebidas durante o evento. “Uma oportunidade para fazer uma renda extra”, disse Angeleide Leite.

Governo do Acre investe na educação de estudantes de Mâncio Lima. Foto: Evandro Ibernon/ Ascom-PMML

Educação

No ano passado, assim como outras escolas da rede estadual, as instituições de ensino da cidade receberam tablets com pacote de internet, kits de material escolar e de livros didáticos do Programa Pré-Enem Legal. Para quem recebe o material, o sentimento é de motivação.

Jaiane Marques, aluna do 3° ano da Escola Antônio de Oliveira Dantas, destaca que esses investimentos estão gerando um acesso mais facilitado ao conhecimento. “Esses benefícios têm proporcionado um grande desenvolvimento no aprendizado, fazendo com que tenhamos avanço e aprimoramento em nossos estudos”, relatou.

Segurança

Em abril do ano passado, o governo concluiu a obra de construção do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em Mâncio Lima, que representa mais um importante avanço da gestão. Para construir a estrutura, o Estado investiu R$ 1,4 milhão.

O coordenador da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp) na regional do Juruá, major da Polícia Militar, Célio Pinto, afirmou que a aposta garantiria melhoria dos indicadores de segurança na região. “Além de proporcionar condições mais dignas de trabalho aos agentes, a população que buscar nossos serviços terá tratamento mais humanizado e avançaremos com o enfrentamento ao narcotráfico e à violência, melhorando a sensação de segurança dos mancio-limenses”, ratificou o militar.

Regularização fundiária urbana avança na gestão do governador Gladson Cameli com a entrega de títulos definitivos de propriedade. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Regularização fundiária

Em abril, o governo do Estado, por meio do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), reuniu-se com a Delegacia da Receita Federal do Brasil e avançou na regularização fundiária. Durante encontro com o delegado da Receita no estado, Claudenir Franklin da Silveira, foi discutida a possibilidade de firmar um acordo de cooperação técnica entre as instituições, para facilitar o cadastro de produtores rurais por meio do Número de Imóvel na Receita Federal (Nirf).

Com o apoio do Estado, por meio da Polícia Militar, um esquema de segurança foi montado em parceria com a prefeitura da cidade, para que a festa seja realizada sem ocorrências graves.

A regularização fundiária é um importante instrumento de distribuição de renda e conquista de cidadania, fundamental para os cidadãos que estão em situação de insegurança jurídica e possibilita o acesso a políticas públicas e linhas de crédito.

Para comemorar o aniversário, a cidade está tendo uma programação extensa, que começou na quinta-feira, 23, e se estende até quinta, 30. Para que tudo transcorra bem, a Polícia Militar reforça a segurança na região durante as festividades.

- Publicidade -
Copiar