34.6 C
Juruá
segunda-feira, julho 15, 2024

Com estiagem, queimadas começam e registros de focos de incêndio triplicam no Acre

Por Iryá Rodrigues.

- Publicidade -

A temporada de queimadas no Acre, que em geral vai de maio/junho a setembro/outubro, começou e os registros de incêndios triplicaram em junho deste ano, na comparação com o mesmo período de 2023. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Entre os dias 1 e 23 junho deste ano, o estado registrou 72 focos de incêndio. Conforme os dados, no mesmo período de 2023, tinham sido 24 focos.

Em todo o mês de maio, o estado acreano registrou 11 focos de incêndio. No ano, entre 1 de janeiro e 23 de junho, o Acre soma 108 focos de queimadas. Esse é o pior resultado dos últimos 4 anos. No mesmo período de 2023, foram registrados 36 focos.

Somente nesse sábado, 22, o estado teve 11 focos de queimadas. Em junho, há registro de incêndios em 17 das 22 cidades acreanas. O município com maior número de focos é Feijó, com um total de 11 ocorrências, seguida de Cruzeiro do Sul, que teve 9 focos.

- Publicidade -
Copiar