32 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Confira dicas de como preparar um jantar romântico no Dia dos Namorados

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

No Dia dos Namorados, o clima de romance domina o país e os restaurantes ficam lotados de pombinhos apaixonados. Quer fugir das filas? Que tal colocar as mãos na massa e preparar um jantar romântico?

Recorremos ao chef Rubens Salter, mais conhecido como o Catarina, e pedimos dicas de um menu prático e saboroso para a data. Catarina foi por muitos anos o braço direito do Alex Atala no Grupo D.O.M. e, recentemente, decidiu seguir carreira solo e lançou o videocast “O Antiácido”, onde traz grandes nomes para papos sobre carreira, vida e visões de mundo. Além disso, continua atuando como personal chef em diversos eventos e é presença constante em palestras e aulas do setor.

O craque diz que qualquer um consegue “fazer bonito” com o menu a seguir e lembra que “é uma data especial, então a ideia é aproveitar a ocasião e a oportunidade de estar junto da pessoa amada, sem complicações”.

Ele indica começar com um bom espumante do Rio Grande do Sul, aproveitando a ocasião pra ajudar os amigos afetados pelas enchentes na região, e acrescenta: cozinhar com uma taça ao lado é sempre mais gostoso.

Uma entrada fácil e que pode ser comprada pronta para finalizar em casa é carpaccio de carne. Fácil de encontrar na seção dos congelados de qualquer mercado, é só tirar da embalagem e colocar por cima folhas de rúculas, amendoim ou castanha, lascas de queijo parmesão, um fio de azeite e finalizar com gotas de limão, sal e pimenta-do-reino moída na hora. Ele acrescenta que esse prato pode ser guardado na geladeira e somente temperar no momento de servir.

Como prato principal o chef diz que o bom e famoso risoto ou “arroz” que nunca tem erro e não dá tanto trabalho, além de sujar poucas panelas. Os ingredientes essenciais são arroz, vinho branco, manteiga e parmesão ralado e para incrementar tem uma infinidade de sabores, como cubos de carnes salteados, salmão grelhado, aspargos, cogumelos ou o clássico limão siciliano.

Para finalizar o prato, um bom fio de azeite de oliva é sempre bem-vindo e dá o toque, garante o especialista. A chef Tássia Magalhães já ensinou para a CNN Viagem&Gastronomia três receitas e seus truques para um risoto perfeito, confira aqui.

Para fechar a refeição o clássico morangos com chantilly é sucesso! Para quem não quiser se arriscar em bater o creme de leite fresco com açúcar até virar chantilly a sugestão e substituir por doce de leite, comprado pronto mesmo. Quer parecer mais chef cuca? Quebra com as mãos pedaços médios de biscoito maizena e coloca no fundo de uma pequena travessa. Depois, intercala com os morangos e chantilly ou doce de leite – aqui vale misturar um pouco de creme de leite no doce de leite para ganhar fluidez e ser mais fácil de montar as camadas. Sobremesa pronta.

O chef lembra que é muito importante perguntar antes quais as restrições e alergias da pessoa amada, para esse momento não virar um pesadelo e ninguém passar fome. E adverte: se tudo der errado, pede uma pizza que o importante é se divertir!

Confira outras dicas para preparar um jantar romântico no Dia dos Namorados:

Ideias e referências

Tenha claro o que você quer montar. Uma mesa moderna? Romântica? Um piquenique no meio da sala? Definido isso, busque referências. O Pinterest é ótimo para esse tipo de imagens.

Com as referências em mãos, defina as cores bases para a sua decoração. Para uma celebração romântica, o vermelho é o mais usado, mas isso é questão de gosto. O rosa combina muito bem, assim como o preto e branco para casais mais modernos ou o dourado para uma produção mais glamurosa.

Dica: sempre misture tons. Uma mesa inteirinha vermelha, por exemplo, pode ficar cansativa. Agora, se você misturar com branco ou prata fica mais suave e agradável aos olhos.

Defina o menu

Saber o que irá servir é fundamental, afinal, se for uma carne, por exemplo, será necessário ter na composição da sua mesa facas com serra e um espaço de apoio para o prato. Se o menu for apenas com petiscos ou já servidos em combuquinhas, o famoso finger food, é possível sair do óbvio e organizá-los em outros ambientes, que não sobre a mesa, como por exemplo estender uma toalha quadriculada na varanda ou na mesinha de centro da sala de estar e voilá: temos um piquenique!

Dica: cozinhar junto da pessoa querida pode ser uma atividade prazerosa, assim como tentar reproduzir um prato marcante que comeram em alguma viagem ou ocasião especial.

Separe todos os itens

Abra os armários, use a criatividade e separe todos os itens que combinem com o cenário que você imaginou. Vale mix de estampas; aquele conjunto de louças que fica guardado no fundo do armário; misturar taças; vasos de diferentes alturas; velas; objetos decorativos; guardanapos coloridos; entre outros.

Aqui, realmente a imaginação e criatividade precisam aflorar! Aquele bule de chá que você nunca usa pode virar um vaso, misturar duas estampas de jogos americanos, fazer um porta-guardanapo com fitinha de cetim, enfim, analise com calma tudo o que você tem no seu “acervo” pessoal e que podem compor uma mesa bonita à sua maneira. Flores naturais e velas sempre dão um ar romântico!

Dica: cansou das suas louças mas não quer comprar um jogo novo? Que tal alugar? Tem ótimas lojas nas principais capitais do país com acervos lindíssimos.

Mãos à obra

Comece a montagem com antecedência, assim você consegue ajustar com calma e deixar do jeito que sempre sonhou. A preparação da mesa é um verdadeiro jogo de quebra-cabeça, é preciso colocar os itens, tirar, trocar de lugar… até a hora que achar que ficou perfeito.

Dica: nem mesmo os decoradores mais experientes montam suas mesas de primeira, então teste várias louças e posições dos itens sem medo. Muitas vezes aquela combinação que achamos que não daria certo fica perfeito e surpreende. Teste!

O que evitar nas montagens de mesas

– Arranjos centrais muito grandes. É importante conseguir ver a pessoa que está do outro lado do arranjo;

– Velas e flores com cheiros fortes. Junto com a refeição, o ideal são velas neutras (sem cheiro), afinal, o aroma da comida que deve prevalecer;

– Cuidado com o local onde colocará as velas. Segurança em primeiro lugar! Você não vai querer acabar o clima da noite por conta de uma toalha queimada;

– Mesa muito cheias de itens e sem espaço para o essencial: a comida! Às vezes, exageramos nos itens de decoração e esquecemos do básico: o espaço para colocar as travessas ou para movimentar as mãos para cortar uma carne, por exemplo.

Itens extras que fazem a diferença:

– Uma boa playlist;

– Iluminação baixa;

– Bom humor!

Fonte: CNN Brasil

- Publicidade -
Copiar