34.6 C
Juruá
segunda-feira, julho 15, 2024

Europeus dizem que jovens ‘não’ devem ter smartphones

Por Notícias ao Minuto.

- Publicidade -

Pais de toda a Europa estão recorrendo ao WhatsApp e ao Telegraph para espalhar uma mensagem ‘contra’ o uso de smartphones em jovens até aos 16 anos.

Segundo esta comunidade, não basta apenas que as escolas proíbam o uso destes aparelhos, mas cabe também aos pais, em casa, fazer esta proibição.

Tudo começou em um parque em Barcelona, quando Elisabet García Permanyer começou a discutir o assunto com outras mães. Depois disso, criou um grupo de chat para compartilhar informações sobre os perigos do acesso à Internet.

O grupo ‘Adolescência Livre de Celulares’, que pretendia ser um grupo só para a comunidade escolar dos seus filhos, rapidamente se expandiu, e atingiu proporções inesperadas.

O grupo agora  conta com 10 mil membros e as conversas no WhatsApp já ‘pularam’ para a vida real.

O Governo espanhol, em janeiro, proibiu totalmente a utilização de smartphones nas escolas primárias. O Reino Unido e a Irlanda também começam a  ser tomadas medidas no mesmo sentido, reporta o ABC News.

“Quando comecei isto, esperava apenas encontrar outras famílias que pensassem como eu, mas a coisa pegou e continuou crescendo, crescendo e crescendo”, diz García Permanyer, afirmando que o seu objeto era adiar ao máximo o momento em que os filhos iam ter celular e  que gostaria que eles não fossem os únicos jovens sem o aparelho.

Permanyer entende que entidades e autoridades estão cientes dos riscos e estão tentando agir para proteger os mais novos de ficarem presos nas telas, com acesso a conteúdos que podem ser prejudiciais.

- Publicidade -
Copiar