32 C
Juruá
quarta-feira, junho 12, 2024

Mais de 83 mil podem perder descontos na conta de luz

Por AC24horas.

- Publicidade -

No Pará, 83.651 famílias clientes da Equatorial Energia podem perder o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), programa do Governo Federal que beneficia famílias de baixa renda, quilombolas, indígenas ou que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC, cujo desconto pode chegar até 65% na fatura. Isso ocorre devido à falta de atualização cadastral do NIS – Número da Identificação Social, no Cadastro Único (CadÚnico).

Entre as cidades com o maior número de clientes que precisam atualizar o cadastro estão: Belém, com 18.559 famílias, Ananindeua (6.034), Castanhal (3.015), Marabá (2.930), Santarém (2.598) e Altamira ( 1.243). Os cadastros no CadÚnico, que estão há dois anos ou mais sem atualização, devem ser atualizados com urgência no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

- Publicidade -
Copiar